Após remover o aparelho ortodôntico é necessário retirar a cola utilizada para unir os braquetes aos dentes, usando brocas específicas que não danificam o esmalte.

Depois, deve ser feito um bom polimento para as superfícies dentárias ficarem lisas, evitando a acumulação de placa bacteriana. «Com o aparelho, a escovagem e passagem do fio dentário tornam-se mais difíceis», sublinha o médico dentista Minguel Stanley, habituado a colocar este tipo de aparelhos.

Se a limpeza não for rigorosa, a placa pode permanecer após a remoção, causando a desmineralização do esmalte e manchas brancas. «Os riscos que vê nos dentes poderão ser ou restos de cola ou ligeiras falhas no esmalte dentário que, após polimento, deverão desaparecer», refere ainda.

É importante fazer uma consulta de higiene oral para remover tártaro ou placa bacteriana acumulada. No final, deve fazer uma aplicação tópica de flúor para remineralizar o esmalte. «Na primeira fase após tratamento é natural que sinta uma grande diferença na boca, já que se trata de uma mudança significativa», explica.

Em alguns casos, observa-se alguma sensibilidade transitória, que deverá durar apenas alguns dias. «Há que evitar recidivas (tendência para alguns dentes voltarem às posições antigas), sendo muito importante usar contenções. Regra geral, um aparelho removível na arcada superior e um fixo na inferior, no lado interno dos dentes», conclui.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.