1. Peça ao seu médico para lhe limpar os ouvidos: por vezes, é o que basta para melhorar a audição. Usar objetos pontiagudos piora a situação e muitos especialistas discordam do uso de cotonetes.

2. Tenha sempre um par de protetores auditivos consigo: desta forma, quando se encontrar em ambientes muito ruidosos ou se sentir desconfortável, pode proteger os seus ouvidos.

3. O café é um aliado: um estudo recente desenvolvido pelo Hospital Brigham and Women's assinala a possibilidade de que a ingestão de café reduz o risco de sofrer de zumbidos. As mulheres que consumiam cerca de uma chávena e meia de café por dia de cafeína tinham mais 15% de probabilidades de sofrer de zumbidos, do que as que consumiam de cerca de três chávenas de café por dia, concluíram os especialistas. A cafeína estimula o sistema nervoso central, e investigações anteriores demonstraram que a cafeína tem um efeito direto sobre o ouvido interno.

4. Desista definitivamente de fumar e afaste-se de ambientes com muito fumo: um estudo publicado no Journal of the American Medical Association aponta que quanto mais exposta uma pessoa está a fumo de cigarros, maior a probabilidade de apresentar perda auditiva mais tarde. Para além disso, fumar durante a gravidez prejudica o feto e já foi relacionado com o aumento da perda auditiva em adolescentes cujas mães fumaram quando grávidas.

5. Faça exercício: a verdade é que os seus benefícios vão muito para além do aspeto estético. Pessoas em forma têm tendência a sofrer menos de problemas de audição, já que o exercício aeróbico aumenta o fluxo de oxigénio no sistema e melhora a circulação de sangue para os ouvidos.

6. Coma de forma saudável: um estudo sueco demonstrou que uma dieta de calorias restritas tem um efeito positivo na audição, para além de abrandar os sinais de envelhecimento. Também: baixos níveis de magnésio podem influenciar negativamente a audição, portanto aposte em alimentos como abacate, espinafres, aveia, sementes… Da mesma forma, investigadores estudaram a relação entre vários fatores de estilo de vida e a surdez súbita, e descobriram que pacientes que tinham por hábito comer vegetais frescos todos os dias, mais que uma vez por dia, tinham o menor risco de sofrer de surdez.

7. Aprecie um copo de vinho ou de cerveja: sem exageros, a ingestão de álcool de forma moderada pode proteger contra a perda auditiva relacionada com a idade, ao mesmo tempo que beber de forma excessiva tem o efeito precisamente contrário.

8. Baixe o volume: a música demasiado alta aumenta o risco de sofrer de perda auditiva. 31% da população portuguesa, segundo um estudo realizado pela GAES, admite que o volume que usa em headphones é demasiado alto, aumentando o risco de vir a sofrer perda auditiva. A exposição continuada a sons elevados [acima de 85 decibéis (dB)], pode levar à surdez.

9. Beba leite: o cálcio e vitamina D presentes no leite são essenciais para manter todos os ossos do corpo saudáveis e isso inclui os ossos no ouvido, especialmente a cóclea.

10. Faça um diagnóstico auditivo uma vez por ano: desta forma pode despistar qualquer alteração auditiva.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.