Estudos recentes confirmam que o exercício físico promove a circulação de hormonas que estimulam o apetite (a grelina), ou seja, a sensação de necessidade de comer aumenta com a prática de exercício físico.

No entanto, Miguel Ângelo Rego, nutricionista, considera que «é importante perceber que o exercício físico aumenta a saciedade após uma refeição, ou seja, depois de comer uma refeição complexa, os indivíduos que praticam exercício ficam saciados mais depressa».

Na perspectiva do nutricionista, «antes do exercício é muito importante ter uma refeição rica em hidratos de carbono, como por exemplo, pão de mistura, ou cereais de pequeno-almoço, conjugados com leite ou iogurte e fruta, consumidos até uma hora antes da sessão de exercício para permitir o seu esvaziamento do estômago.»

Imediatamente após a sessão de exercício físico, o especialista considera que «é muito importante que haja um consumo de hidratos de carbono para permitir, nos primeiros 30 minutos, uma síntese mais eficaz de glicogénio, essencial para a recuperação». 

Miguel Ângelo Rego acrescenta ainda que «a hidratação é fundamental antes, durante e após o exercício, numa quantidade de 1 L/hora, sendo que, se este durar mais de uma hora, pode ser benéfico beber uma bebida desportiva com açúcar e alguns sais para fornecer energia e equilibrar as perdas de electrólitos».

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.