Detox, abreviatura de desintoxicar, significa eliminar do organismo alguma substância que o tenha intoxicado. É um termo, ou se preferir uma prática, utilizada com frequência para os indivíduos que revelam alguma dependência ou por, acidentalmente, ingerirem uma quantidade excessiva de um medicamento, contaminante, ou bebida alcoólica. Estes indivíduos passam por processos de desintoxicação, que procuram eliminar a substância ingerida em excesso.

Importa, então, deixar a pergunta: como precisar a que dias "tóxicos" apontam as dietas e os alimentos detox e como vão estes eliminar os "excessos"? Pergunte-se, também, que efeitos específicos é que esses tóxicos têm no organismo?

Usando o exemplo do álcool, todos sabemos, que quando ingerido em excesso, produz efeitos concretos e específicos no organismo. Também sabemos que, o nosso organismo é capaz de processar e eliminar o álcool, dependendo a velocidade deste processo da quantidade ingerida, entre outros fatores.

Da próxima vez que de deparar com uma receita ou produto detox, pergunte especificamente, qual o nome do(s) tóxico(s) que ele pretende eliminar.

Assim, da próxima vez que de deparar com uma receita ou produto detox, pergunte especificamente, qual o nome do(s) tóxico(s) que ele pretende eliminar. Asseguro-lhe que não obterá uma resposta. Imaginar que estamos rodeados de milhares de tóxicos e que existem misturas milagrosas que ingerimos e que eliminam todos essas dezenas, centenas ou milhares de elementos, é absurdo e falso.

É um facto que diariamente estamos expostos a uma infinidade de substâncias químicas (mas tudo o que nos rodeia é química). E não terá o nosso organismo uma capacidade natural de lidar com tóxicos específicos e eliminá-los?

Importa ainda lembrar que o que faz o veneno é a dose. A água, substância fundamental à vida, se consumida em excesso pode matar. Assim como a toxina botulínica, substância naturalmente produzida por uma bactéria, também mata, mas em doses controladas é usada para tratar algumas condições de saúde.

É certo que uma dieta detox pode contribuir para a perda de peso, mas isso é apenas porque se baseia em produtos, normalmente, pobres em calorias e que vão contribuir para um balanço energético negativo.

O nosso organismo dispõe de mecanismo potentes (através do fígado e dos rins) de desintoxicação e eliminação de substâncias que não têm interesse que diariamente são processadas e eliminadas. Os produtos detox em nada contribuem para este processo a não ser funcionarem como veículos de ingestão de água.

É certo que uma dieta detox pode contribuir para a perda de peso, mas isso é apenas porque se baseia em produtos, normalmente, pobres em calorias e que vão contribuir para um balanço energético negativo. O mesmo resultado obtém-se, com muito mais sabor, prazer, saúde e saciedade com uma alimentação equilibrada.


Cláudia Viegas é Professora Adjunta na Escola Superior de Hotelaria e Turismo do Estoril. Os seus principais interesses de investigação estão relacionados com Saúde Pública, em particular o que se relaciona com a Promoção e Proteção da Saúde em relação à Alimentação, Nutrição e Estilos de Vida.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.