Parece que o cérebro não pensa noutra coisa. Para além da retenção de líquidos que ocorre durante esta fase e que pode levar a um aumento de peso que oscila, em média, entre meio quilo e três quilos, a vontade de comer, que é uma coisa diferente de sentir fome, alimentos menos saudáveis é comum. "Para a combater, evite passar mais de três horas sem comer", recomenda Catarina Félix e Cachão, dietista. "A fome aliada à vontade emocional de comer torna-se incontrolável", sublinha mesmo a especialista.

São muitas as mulheres que, em todo o mundo, se queixam do aumento de apetite na fase de menstruação. "Outras boas medidas passam por levar de casa as suas refeições e lanches e praticar exercício físico", defende. Experimente fazer exercícios de relaxamento ou até mesmo praticar ioga para controlar a fome emocional. "Assim, conseguirá aliviar a dor, libertar a mente e diminuir fisicamente a sensação de inchaço. O esforço dar-lhe-à uma recompensa mental positiva que facilita o controlo alimentar", garante.

Nessas alturas, é fundamental resistir às tentações gastronómicas, ainda que possa recorrer a gestos que as atenuem. "Permita-se cometer um pecado alimentar, como comer um quadrado de chocolate. Se contrariar todos os impulsos, poderá não conseguir controlar a fome emocional e acabar por comer uma tablete inteira. Recorra a alimentos pobres em calorias para enganar a vontade de comer, como as pastilhas, as gelatinas sem açúcar, as bebidas quentes e os vegetais crus", sugere Catarina Félix e Cachão.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.