Aproveitar o benefício das plantas já não é um problema para as pessoas que não toleram o sabor amargo ou peculiar de algumas espécies quando são preparadas em forma de infusão. Os progressos da ciência, no que diz respeito à secagem e extração da parte medicinal das plantas, permitiram que a sua administração em forma de comprimidos se tornasse muito mais cómoda e eficaz, o que faz com que o tratamento não seja abandonado antes de tempo.

Neste artigo, explicamos-lhe as propriedades e efeitos queima-gordura de algumas das algas mais utilizadas na gastronomia mundial e damos-lhe dicas sobre a forma como deve utilizá-las corretamente para notar os seus benefícios.

1. Clorela

Tem fenilalanina, um aminoácido que ajuda a reduzir a vontade de comer, e mucilagem, que protege a mucosa gástrica. É uma alga depurativa, e ajuda a combater a celulite, uma alteração no tecido cutâneo que afeta 95% das mulheres.

2. Fucus

Ajuda a eliminar toxinas e dá mais flexibilidade à pele. Em infusão ou comprimidos, ativa a lipólise (destruição) das células gordas e favorece a reorganização do tecido conjuntivo. Para além disso, estimula a glândula tiroideia, tem um efeito laxante muito suave e possui uma ação drenante nos tecidos.

As algas mais usadas na gastronomia mundial
As algas mais usadas na gastronomia mundial
Ver artigo

3. Espirulina

É rica em proteínas, aminoácidos, carotenóides (antioxidantes) e ácidos essenciais. É muito útil no tratamento da obesidade porque tira a fome, graças ao seu conteúdo de proteínas. Aumenta a resistência do organismo face ao esforço físico.

4. Kelp

Excelente suplemento nutritivo que contém vitamina B12, aminoácidos e muitos minerais, entre eles, o iodo, que estimula a tiróide, acelerando, portanto, a combustão de gorduras no organismo. Para além disso, ajuda a reduzir a sensação de apetite e regula os movimentos intestinais.

5. Ágar-ágar

Há quem assegure que é o segredo da elegância de muitos japoneses. Na sua composição, a alga ágar-ágar inclui 80% de fibras solúveis que, em contacto com o líquido presente no estômago, incham, formando uma espécie de gel que aumenta a sensação de saciedade, perdurando-a no tempo. Também capta açúcares e gorduras, favorecendo a sua eliminação natural.

Os cuidados que deve ter antes de ingerir algas para emagrecer

Se vai tomar suplementos que integram estas algas, que encontra facilmente no mercado, leia o que se segue:

1. Antes de começar, consulte um especialista, sobretudo se for alérgica ou estiver a tomar medicação.

2. Comece com doses pequenas, para evitar possíveis reações alérgicas.

3. Tome-as com o estômago vazio; são mais bem absorvidas.

4. Também caducam, pelo que deve ter atenção à data de validade.

5. Grávidas, crianças e maiores de 65 anos devem ter maiores precauções.

Texto: Madalena Alçada Baptista e Luis Batista Gonçalves (edição digital) com revisão científica de João Beles (naturopata)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.