Realiza-se no próximo dia 15 de Março (3ª Feira), nas instalações da Representação da Comissão Europeia, em Lisboa, o Evento Nacional European Action on Drugs (EAD).

Visando envolver a comunidade em campanhas de sensibilização sobre questões ligadas à droga, esta Acção Europeia tem como objectivo concreto o estabelecimento conjunto de medidas e compromissos para combater este flagelo.

“O Evento Nacional da EAD em Lisboa oferecerá uma oportunidade para olhar para tudo o que já foi alcançado desde que a campanha se iniciou em 2009, com mais de 700 compromissos já em implementação e outros 300 em processo de gestão nos 27 Estados-membros, reflectindo sobre o seu futuro.

Permitirá aos signatários compartilhar as suas experiências, enquanto novos membros EAD vão assinando os seus compromissos durante a cerimónia”, avança Rui Martins, Director de Comunicação da Dianova Portugal, Coordenação Nacional da EAD.

“O consumo de várias substâncias psicoactivas — policonsumo de droga — é actualmente muito comum entre os consumidores de droga europeus e quase todos os padrões de policonsumo incluem o álcool.

A somar a este fenómeno, o último Relatório Anual do OEDT [Observatório Europeu da Droga e da Toxicodependência] adverte para o facto de em 2009 ter sido oficialmente notificado um número recorde de novas drogas à OEDT e Europol, num total de 24”, afirma Dr. João Goulão, Presidente do Instituto da Droga e da Toxicodependêndia, e do EMCDDA - European Monitoring Centre for Drugs and Drug Addiction.

“Isto implica o reforço da estratégia de actuação de todos os Estados-Membros e uma nova definição de prioridades no tocante ao flagelo da droga”, conclui o especialista.

Num momento em que a Europa está em pleno período de austeridade económica, com níveis crescentes de desemprego entre os jovens, receia-se que esta situação se possa fazer acompanhar de um aumento das formas problemáticas de consumo de droga. A pensar no facto de, na União Europeia:

•         cerca de 13 milhões de pessoas consomem, ou já consumiram em algum momento, cocaína;
•         os consumidores de ecstasy são cerca de 10 milhões e os de canábis atingem o número alarmante de 70 milhões;
•         entre 1,2 e 1,5 milhões de europeus são consumidores problemáticos de opiáceos;
•         a cada hora morre um cidadão da UE vítima de overdose;

A Conferência de Lisboa é o quinto evento realizado pela EAD e o primeiro a realizar-se em 2011, tendo os anteriores decorrido em Roma (Dezembro de 2009), Berlim (Abril de 2010), Londres (Setembro de 2010) e Varsóvia (Novembro de 2010).

Mais informações em: www.euactiondrugs-lisbon.net 

04 de março de 2011

Fonte: Inforpress

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.