O homem de 35 anos esteve quase um mês ligado a máquinas que o mantinham ventilado e vivo, mas não acordou do coma nem apresentou sinais de melhoria.

Beau Shortis foi agredido em novembro, em Melbourne, na Austrália, à porta de uma discoteca e internado no The Alfred Hospital, onde os médicos admitiram à família que havia pouco a fazer ao fim de 26 dias em estado de coma.

15 coisas que tem de saber para não enlouquecer
15 coisas que tem de saber para não enlouquecer
Ver artigo

Dois dias depois da equipa médica ter decidido desligar as máquinas que o mantinham vivo, Beau Shortis acordou do coma.

Apesar de amnésico, começou lentamente a recuperar a memória. Beau Shortis é pai de três filhos.

"Eu só pensei que tinha de sair do hospital", terá dito quando recuperou a memória dos factos.

Oito semanas depois, regressou a casa. "Tudo o que sei e tudo o que importa é que estou aqui. Eu estou aqui por um motivo, não sei o que é ainda, mas deve ser bom. Afinal não era a minha hora", disse em entrevista ao jornal The Daily Telegraph.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.