Scott Westgarth foi hospitalizado no sábado depois de um combate com o inglês Dec Spelman, acabando por morrer às primeiras horas de domingo vítima de "danos cerebrais".

Stefy Bull, agente do pugilista, confirmou, já na segunda-feira, a morte do desportista. " Deus te abençoe. Um jovem que perdeu a vida a fazer aquilo de que gosta... Não tenho palavras", escreveu nas redes sociais.

Estudo revela que 99% dos jogadores de futebol americano têm lesões cerebrais
Estudo revela que 99% dos jogadores de futebol americano têm lesões cerebrais
Ver artigo

A morte do pugilista causou uma onda de solidariedade na internet, com inúmeras personalidades do boxe a deixaram mensagens de homenagem a Scott.

Dec Spelman, o desportista que perdeu o combate contra Westgarth, enviou as condolências à família e revelou estar devastado pelo sucedido.

Durante o combate, Westgarth foi nocauteado, mas acabou por ganhar ao adversário em número pontos.

Depois de mostrar sinais de dor durante a entrevista pós-combate, sentiu-se indisposto e foi tratado pelos paramédicos nos balneários e só depois transferido para o hospital Royal Hallamshire, onde morreu poucas horas depois, informa a federação britânica de pugilismo.

Em junho de 2017, o lutador de UFC, Tim Hague, entrou em morte cerebral na sequência dos ferimentos sofridos durante um combate de boxe com Adam Braidwood, realizado em Alberta, no Canadá.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.