"Um cisne foi encontrado doente antes do Natal nas margens do lago de Bienne, perto de Cerlier. Análises de laboratório concluíram que a ave estava infetada pelo vírus da gripe aviária H5N6", informou o governo suíço em comunicado.

Não foram detetados outros casos, razão pela qual não foram tomadas medidas preventivas. Este vírus também foi localizado este ana Holanda.

Trata-se de uma mutação do H5N8, que no ano passado atravessou toda a Europa.

As autoridades alertam que o H5N6 detetado na Europa não está ligado à estirpe que circula na Ásia com a mesma denominação e que pode ser transmitido ao ser humano, isto porque ainda não foram registados casos de contágio em pessoas com a estirpe europeia.

Apesar de tudo, "continua a vigilância" na Suíça, segundo as autoridades, em particular entre as aves selvagens, as únicas que padeceram de H5N8.

Veja ainda: 15 alimentos que são autênticos remédios

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.