Dos cogumelos são expelidos milhares de miliões de esporos microscópicos que se espalham graças à ajuda propulsora do vento e dos insetos, para darem origem a outras unidades.

"Existem espécies quase iguais, que depois de uma análise microscópica podem revelar-se, de facto, muito diferentes, inclusive na toxicidade", por isso é preciso "muito cuidado", diz a Associação Defesa do Consumidor (DECO).

Gosta de cogumelos selvagens? Cuidados essenciais para evitar intoxicações
Gosta de cogumelos selvagens? Cuidados essenciais para evitar intoxicações
Ver artigo

Pé e chapéu são os dois elementos característicos, mas os formatos variam bastante. Comer o cogumelo errado pode mesmo matar. "Não apanhe nem cozinhe cogumelos frescos, se não os souber distinguir com exatidão. O melhor é deixar a tarefa nas mãos de quem sabe e comprar em lojas e supermercados", adverte a DECO.

O que fazer em caso de intoxicação?

Comer cogumelos selvagens pode envolver algum risco. Após a apanha, é normal preparar-se os vários tipos de cogumelos ao mesmo tempo. Se algum for tóxico, pode contaminar a comida e prejudicar o organismo. Duas horas após a ingestão, podem surgir os primeiros sintomas de intoxicação. Mas depende do organismo. Nalguns casos, os sinais podem aparecer seis horas depois ou até mais tarde.

Segundo o INEM, os sintomas manifestam-se através de vómitos, diarreia abundante, dores abdominais. Nestes casos, deve contactar de imediato o Centro de Informação Antivenenos (CIAV) do INEM, através do 808 250 143 e seguir as instruções dadas pelo médico que o atendeu.

10 alimentos venenosos potencialmente fatais
10 alimentos venenosos potencialmente fatais
Ver artigo

Segundo a análise da DECO a 15 amostras de variedades de cogumelo-branco comercializadas em Portugal, todas revelaram ser "cinco estrelas", pelo que não tem de preocupar-se com microrganismos patogénicos".

"Na versão fresca, os cogumelos brancos são os mais comuns e os mais baratos. Ainda assim, o preço pode variar, de acordo com a nossa pesquisa, entre 4,65 euros e 31,20 euros por quilo, sendo que os mais caros são, no geral, produzidos pela agricultura biológica", refere a associação.

Por outro lado, as versões congeladas deste fungo são as mais baratas e as desidratadas as mais caras.

Cuidados a ter na apanha de cogumelos

- Apanhar a totalidade do cogumelo para não afetar o crescimento da geração seguinte.

Sabe escolher a melhor água engarrafada? A DECO explica-lhe como
Sabe escolher a melhor água engarrafada? A DECO explica-lhe como
Ver artigo

- Não apanhar cogumelos pequenos, na fase inicial ou com o chapéu muito fechado.

- Não apanhar cogumelos envelhecidos e muito alterados porque podem aumentar a sua toxicidade.

- Apanhar e levar do campo apenas os cogumelos certos da sua identificação. Não colher os outros.

- Assegurar que os cogumelos frade (Macrolepiota procera) estão bem cozinhados (temperaturas elevadas) no momento do consumo. Nunca ingerir a espécie no seu estado cru.

- Evitar consumos exagerados e repetidos.

- Não fazer utilização de sacos de plástico para apanha, transporte ou depósito dos cogumelos em fresco. Usar cestas abertas ou porosas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.