Mais de 46.543.100 casos de contágio pelo SARS-CoV-2 foram oficialmente diagnosticados desde o início da epidemia, dos quais pelo menos 30.903.200 pessoas já foram consideradas curadas.

Esse número de casos diagnosticados, entretanto, reflete apenas uma fração do número real de infeções. Alguns países testam apenas os casos graves, outros priorizam o teste para rastreamento e muitos países pobres têm uma capacidade limitada de teste.

No domingo, 5.189 mortes e 457.794 novos casos foram registados em todo o mundo. Os países que contabilizaram o maior número diário de mortes nos seus boletins mais recentes são os Estados Unidos, com 614, Índia (496) e Irão (440).

Os Estados Unidos são o país mais afetado em termos de mortes e casos, com 231.003 mortes entre 9.208.874 casos positivos de SARS-CoV-2, de acordo com o levantamento da Universidade Johns Hopkins. Pelo menos 3.630.632 pessoas foram declaradas curadas.

Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são o Brasil com 160.074 mortes e 5.545.705 casos, a Índia com 122.607 mortes (8.229.313 casos), o México com 91.895 mortes (929.392 casos) e o Reino Unido Unidos com 46.717 mortes (1.034.914 casos).

Entre os países mais atingidos, o Peru é o que possui o maior número de mortes em relação à sua população, com 105 mortes por 100.000 habitantes, seguido pela Bélgica (101), Espanha (77), Brasil (75).

A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau) contabilizou oficialmente um total de 85.997 casos (24 novos entre domingo e segunda-feira), incluindo 4.634 mortes e 81.024 recuperações.

A América Latina e Caribe totalizaram 403.015 mortes em 11.355.634 casos até hoje às 11:00, a Europa 280.772 mortes (10.690.122 casos), os Estados Unidos e Canadá 241.182 mortes (9.445.641 casos), a Ásia 171.485 mortes (10.633.543 casos), o Médio Oriente 60.807 mortes (2.586.451 casos), a África 43.167 mortes (1.797.090 casos) e a Oceânia 1.022 mortes (34.619 casos).

Esta avaliação foi realizada com base em dados recolhidos pelos escritórios da AFP junto das autoridades nacionais competentes e informações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.