Em 24 horas morreram 578 pessoas em Itália devido ao vírus SARS-CoV-2, aumentando para 21.645 o total de óbitos neste país.

Registaram-se também 2.667 novos casos confirmados da infeção, o que perfaz um total de 165.155 diagnósticos desde o início da pandemia em Itália. Ao todo há já 38.092 pessoas recuperadas. Os números de novos casos e mortes sugerem uma ligeira quebra face aos dados de ontem.

Pelo menos 3.079 doentes estão internados em unidades de cuidados intensivos, sendo que há 27.643 pessoas hospitalizadas por causa da COVID-19. Existem ainda 74.696 indivíduos infetados que estão em tratamento e em isolamento domiciliário.

A região da Lombardia continua a ser a mais afetada pela epidemia, com 11.377 fatalidades e 62.153 casos.

A nível global, a pandemia de COVID-19 já provocou quase 127 mil mortos e infetou mais de dois milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Em Portugal, morreram 599 pessoas das 18.091 confirmadas como infetadas, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde.

Depois de surgir na China, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Como proteger as mãos das lavagens frequentes?

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.