O projeto, de investigadores suecos, está à procura de financiamento na plataforma de crowdfunding Kickstarter e já conseguiu quase 4 milhões de dólares e 20 mil financiadores quando procurava, inicialmente, apenas 160 mil dólares.

A "Skarp Laser Razor" é mais amiga do ambiente e promete acabar com a pele irritada, cortes superficiais e infeções.

É totalmente elétrica e funciona em qualquer tipo de pelo - curto, comprido, louro ou escuro -, garantem os investigadores no vídeo promocional.

Os pelos passam a ser cortados (e não queimados) pelo laser instalado na máquina. "Temos já acordos preliminares com a indústria, mas precisamos de capital para avançar com as encomendas", anuncia um dos cientistas.

"Passámos muitos anos a desenvolver esta máquina de barbear, porque acreditamos que depois de 5 mil anos em que usámos a mesma tecnologia é preciso tornar o barbear mais fácil, seguro e verde", acrescenta.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.