O verão está aí à porta e com ele crescem as preocupações em mostrar o corpo. A praia convida a banhos de sol, mas muitas pessoas ficam aterrorizadas só de pensar em mostrar a barriguinha extra que cresceu durante o ano. Vai daí, muitas inscrevem-se nos ginásios e procuram atingir objetivos impossíveis e pouco saudáveis no curto espaço de tempo que desenham na sua cabeça.

Os especialistas frisam que a prática de exercício físico deve estender-se a todo o ano e não apenas na época balnear. E se é certo que os hábitos de atividade física têm vindo a alterar-se em Portugal, muitos continuam a frequentar os ginásios e a praticar exercício físico sem qualquer acompanhamento, cometendo muitas vezes erros que podem custar vários meses de inatividade.

A frustração está logo ao virar da esquina e muitas pessoas, à procura de resultados visíveis, apostam tudo em dietas e fórmulas milagrosas.

Procurando também mudar este cenário, surgiu nos anos mais recentes em Portugal o acompanhamento online. O modelo é relativamente simples: utilizando as novas tecnologias, nomeadamente as redes sociais, os clientes têm a possibilidade de ter um plano de treino individualizado, orientações nutricionais e acompanhamento constante sobre todas as dúvidas que o treino e alimentação levantam.

Body by Mimo

João Mimoso é CEO da Body by Mimo (BbM), uma das empresas que trabalha nesta área e que atualmente tem clientes por todo o Mundo, passando pela distante Angola ou Brasil, Reino Unido, Suíça, Luxemburgo e, claro, Portugal. A BbM é hoje a maior empresa deste género no país.

Da lista de clientes fazem parte atletas de alta competição, entusiastas do fitness, manequins profissionais, atores e até elementos das forças policiais. Apesar disso, João Mimoso assegura que qualquer um pode atingir os objetivos que deseja, mantendo sempre um lema em mente: para melhores e mais benefícios e para que o rendimento seja otimizado, o treino e a nutrição não podem ser dissociados um do outro.

"O nosso conceito", explica o personal trainer, "mostra que atingir objetivos não tem que ser um processo monocromático, mas sim cheio de cor, onde a componente nutricional e de treino se encaixam uma na outra, mas acima de tudo no estilo de vida da pessoa em questão. Ensinamos a montar o próprio plano alimentar, pois não acreditamos em planos rígidos e achamos mesmo que é uma das razões pelas quais as pessoas mais abandonam os seus objetivos. Além disso, insistimos que os nossos clientes incluam comidas das quais gostam, seja para perder peso ou aumentar massa muscular. Se a pessoa gosta de Haagen Dazs, como eu, acho que deve fazer parte do plano, mas incluído no contexto certo, porque ao final do dia, o contexto específico de cada pessoa é que dita tudo".

A ajuda do facebook

Um dos segredos mais bem guardados da BbM é o grupo privado criado online, na rede social Facebook. Neste grupo, os vários membros podem colocar dúvidas, trocar experiências e, não menos importante, fazer desabafos e procurar apoio nos dias que correm menos bem. João estava longe de pensar no sucesso do grupo quando teve a ideia, mas hoje assegura que é ele que impulsiona em muito o sucesso e os resultados conseguidos pela BbM.

"A comunidade no Facebook foi de longe a minha maior criação e aquilo que servia para tirar dúvidas passou a ser um apoio monumental de motivação, partilha de experiências, de receitas, de vida, em que todos remam para o mesmo lado", acrescenta.

Mudar de vida não pode ser um fenómeno sazonal

João Mimoso não acredita em mudanças radicais e com o verão a chegar sabe, por muitos anos de experiência, que é nesta altura que se procuram os milagres de última hora a que muitas marcas respondem positivamente. A mudança é um processo mais alargado mas que não tem de ser tão doloroso como muitos imaginam.

"Os milagres não existem e por isso criámos e desenvolvemos a regra dos 90%, que diz que se seguirmos o plano, quer de treino, quer nutricional, 90% do tempo, os outros 10 são irrelevantes, a longo prazo. E como disse anteriormente, a mudança é para a vida e não para 1, 2 ou 3 meses. Por isso não temos que abdicar da nossa vida social, de comer o que gostamos ou de celebrar ocasiões especiais. Apenas temos que ter noção de equilíbrio e controlo nestas ocasiões, e fazer com que elas não se tornem habituais ou excedam os 10%. Não vejam o mundo com absolutismos e perguntem-se sempre se aquilo que querem encaixa no que lhes está a ser proposto. Se o que querem é perder 10 Kg ou se querem mudar gradualmente de hábitos para que esse novo peso seja a consequência dum processo sustentável. Não há nem nunca vai haver substituto para bom planeamento e, acima de tudo, consistência, pois o grande sucesso faz-se do acumular de pequenas vitórias dia após dia, semana após semana", termina.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.