Os Pentawards, concurso de criatividade a nível mundial onde são premiados os melhores projetos de packaging, atribuiu a Medalha de Prata ao conceito do rótulo e embalagem dos vinhos Tyto Alba, produzido pela Companhia das Lezírias. A conceção criativa é da responsabilidade de Rita Rivotti, especialista de marcas e design de vinhos, sendo a segunda vez que um projeto da designer portuguesa é premiado neste concurso, depois da Medalha de Ouro atribuída ao vinho Crochet em 2014.

Tyto alba é o nome científico da Coruja-das-Torres, uma ave de porte elegante que habita na propriedade e que tem um papel fundamental na manutenção do equilíbrio do ecossistema nas vinhas, visto que se alimenta de pequenos mamíferos que destroem as culturas. É por isso a inspiração principal do nome e do rótulo deste vinho traduzindo a preocupação da Companhia das Lezírias com a preservação ambiental e a proteção das espécies.

O conceito de natureza e preservação ambiental está também representado na embalagem, produzido em forma de ninho. Cada caixa, feita em madeira, tem uma abertura na frente onde é possível reconhecer o olhar da coruja como se estivesse escondida no seu ninho, protegida. Por dentro, o vinho está aconchegado em palha, completando o conceito. O design da caixa permite ainda que, depois de consumido o vinho, possa ser usada para pendurar no jardim e servir de ninho a outros pássaros.

Rita Rivotti tem dedicado a última década da sua carreira à estética do vinho, acreditando que “o design tem poder de sedução e pode determinar uma compra ou mesmo influenciar a prova”. Uma filosofia que tem motivado a criação de rostos e histórias para os vinhos portugueses e tem captado a atenção do panorama internacional do design.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.