Cozinha com sabor local, pão regional, doçaria, enchidos e fumeiro e, naturalmente, as réstias de cebolas rusgas e olaria trabalhada ao vivo, são alguns dos atrativos da tradicional Feira das Cebolas, iniciativa com mais de um século e que atrai, anualmente, milhares de visitantes a Castêlo da Maia.

Uma feira que se realiza no espaço envolvente ao Monte de Santo Ovídio e do Museu de História e Etnologia da Terra da Maia e que contará com rusgas, com a participação de grupos regionais e folclóricos da Maia.

O certame que arranca pelas 9h00 de sábado, 24 de agosto, assim como no dia 25, terminando às 23h00, recria “da forma mais aproximada possível, um momento de festa, de convívio e o encontro de pessoas”, sublinha a autarquia.

“Através da recriação da feira, pretendemos sensibilizar toda a comunidade para a defesa e salvaguarda do património material e imaterial, motivar a gente da Maia a preservar e reproduzir o mais fidedigna possível as suas tradições, as suas vivências, de forma a perpetuar as memórias do passado”, de acordo com o município.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.