Acordámos no Gerês envolvidos numa neblina misteriosa e mágica, que nos levou a redescobrir este local belíssimo de Portugal. A beleza do Parque Nacional da Peneda-Gerês é indescritível e tem mesmo que ser vivenciada.

Depois de uma noite bem dormida à beira rio, sentia-se uma aragem fresca, fruto da misteriosa neblina que nos envolvia, pelo que decidimos que o melhor seria tomar um banho termal bem quentinho e ao ar livre. E foi o que fizemos. A Serra está repleta de lugares mágicos que nos permitem ter experiências únicas.

De lés a lés, a percorrer Portugal como nómadas e a “Cozinhar com Amor” – Etapa 1
De lés a lés, a percorrer Portugal como nómadas e a “Cozinhar com Amor” – Etapa 1
Ver artigo

Relaxados, seguimos viagem em direção a Montalegre, em Trás-os-Montes, no Planalto de Barroso. Ali visitámos o famoso castelo e sentimos um pouco da energia das festas que se avizinham, nas famosas Sextas-Feiras 13. Tendo Vilar de Perdizes tão perto, não é difícil imaginar como será mais uma “Festa das Bruxas”.

Um dos nossos destinos, neste terceiro dia, foi o Santuário da Nossa Senhora das Necessidades, em Castelões, uma pequena aldeia na montanha, perto de Chaves, para o bio piquenique, organizado por gente da terra.

“Cozinhar com Amor” por Portugal de lés a lés e um piquenique bio transmontano – Etapa 3
Junto ao castelo de Montalegre.

O desafio que lançámos à Ana Patrícia Sousa e à Helena Oliveira foi tão bem acolhido que tudo estava perfeito. O local escolhido é mágico. A palestra fluiu de uma forma espontânea, indo ao encontro das necessidades dos presentes, a comidinha além de biológica, não continha produtos processados, nem industrializados.

Foi tudo confecionado pelos participantes com muito amor e maioritariamente de origem vegetal, muitos com produtos das suas bio hortas, por isso locais e sazonais. Foi um verdadeiro bio piquenique com comida de verdade. Um regalo para os olhos e para as papilas gustativas.

Foi emocionante e incrível o carinho e o interesse com que nos receberam, ouviram e no final ainda nos presentearam com produtos da terra.

“Cozinhar com Amor” por Portugal de lés a lés e um piquenique bio transmontano – Etapa 3
Piquenique em Trás-os-Montes.

Um jantar em família

Ao final do dia chegámos a casa da família Cepeda, lugar para começar mais uma aventura a preparar receitas do livro “Cozinhar com Amor”. Todos estiveram envolvidos e manifestamente felizes e orgulhosos de nos terem por lá. Até os primos vieram, para todos juntos degustarmos um jantar maravilhoso. Arroz de feijão com especiarias, Tofu no forno, vegetais escaldados, salada fresca, leite-creme vegetal e brigadeiros, foram algumas das iguarias, que fizeram até os mais céticos lamber os dedos.

Além do jantar que estava delicioso, 100% bio e confecionado com água alcalina ionizada e antioxidante powered by Chanson Portugal, oferecemos a esta família um Kit de cosmética da Organii Bio e uma garrafinha BPA free para manter as propriedades e qualidade da água.

Quando já estava tudo fantástico e perfeito só com o carinho com que nos trataram, ainda nos deram um cabaz cheio de coisas maravilhosas. E mesmo antes de sairmos, fomos brindados com uma fantástica atuação musical da querida Matilde, com 15 anos, que nos cantou e encantou com várias músicas à capela. Esta miúda será com certeza uma estrela, possui uma voz tão bonita e uma paixão pela música que sente pela forma como canta. Ela bem diz que o melhor dela é a música. Talvez por isso tenha participado orgulhosamente no vídeo da Mariza, "Melhor de mim". Uma musica que nós simplesmente amamos.

Pernoitámos à beira-rio em Mirandela, o que nos permitiu acordar cedinho e seguir viagem rumo ao Douro Vinhateiro.

Um jantar em família

No Douro vinhateiro ao encontro de quintas com preocupações biológicas

Esta é uma região do nosso país que nos apaixona, pela beleza da paisagem com as vinhas em socalcos e o serpentear do rio Douro nos deixa hipnotizados. Neste quarto dia de viagem por Portugal, um dos nossos objetivos foi encontrar e visitar quintas de produção de vinho biológico.

Aqui no Douro verificamos que ainda não é o que mais se encontra. Contudo, no meio das inúmeras quintas que existem já encontramos algumas com a preocupação da qualidade bio, isenta de aditivos químicos, com uma consciência e preocupação ambiental.

“Cozinhar com Amor” por Portugal de lés a lés chega a Norte e partilha uns Burguer de Lentilhas – Etapa 2
“Cozinhar com Amor” por Portugal de lés a lés chega a Norte e partilha uns Burguer de Lentilhas – Etapa 2
Ver artigo

Bem perto do Pinhão, mas ainda no concelho de Gouvães encontramos a Quinta do Sagrado, que tem toda a sua vinha já considerada biológica, pelo tipo de tratamento que lhe é conferido já há vários anos, mas que ainda não tem produção de vinho certificado biológico, por questões burocráticas e legais.

No entanto além desta quinta existem outras com esta mesma preocupação que já passaram todo o processo e têm como oferta vinho biológico certificado do Douro, como é o caso do Vinho Altano e Montel, que tivemos oportunidade de degustar.

Ao final do dia, como já vem sendo hábito com este périplo por Portugal, chegamos a casa da família Gonçalves, em São João da Pesqueira. A Lídia, a matriarca desta família, é uma pessoa interessada e estudiosa dos assuntos da alimentação e da importância que tem para o nosso bem-estar físico e mental comer de uma forma consciente e natural.

“Cozinhar com Amor” por Portugal de lés a lés e um piquenique bio transmontano – Etapa 3
Alto Douro Vinhateiro, paisagem Património da Humanidade.

É tão entusiasta por estes assuntos que decidiu alargar a sua família e convidar amigos para sua casa. O jantar foi mais uma vez inspirado no Livro “Cozinhar com Amor” e enquanto o preparávamos em conjunto, fiquei feliz por perceber que muitas daquelas pessoas já tinham o livro, que colocam as receitas em prática e que até já têm algumas dúvidas que só podem surgir quando colocamos as mãos à obra.

“Cozinhar com Amor” por Portugal de lés a lés e um piquenique bio transmontano – Etapa 3
Um jantar em família.

O jantar foi um sucesso, mostrando que a alimentação pode ser saudável, consciente e natural e super saborosa. Degustamos em família uma fantástica sopa com aroma a laranja, arroz integral aromatizado com ervas e especiarias, grão-de-bico à moda da `vó` Lice, vegetais cozidos no vapor temperados com aromáticas e azeite biológico obtido unicamente por processos mecânicos e para sobremesa comemos fruta local e sazonal (morangos biológicos do quintal da anfitriã, cerejas e laranjas) com um fondue de chocolate. Estava de comer e chorar por mais!

Pernoitamos mais uma vez junto ao rio, desta vez na Ferradosa, orientados por estes novos amigos e que nos presentearam com um cenário de milhões de estrelas.

Atreve-te a ser diferente!

Vive consciente!

Daniela

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.