“Salvem a Sardinha!”, deu o mote a mais uma edição, a oitava, do concurso associado às Festas de Lisboa que deixa um desafio a todos os espíritos criativos. Partindo do perfil da tão nossa sardinha, os concorrentes apresentam as suas propostas decorativas.

A iniciativa aberta a criadores de todo o mundo acolheu, este 2018, qualquer coisa como 3.726 propostas, provenientes de Portugal e mais de seis dezenas de países como a Argentina, Bielorrússia, Nova Zelândia, Brasil e Japão.

No final, só cinco sardinhas foram premiadas, numa escolha feita pelo público após seleção de um júri composto por Catarina Sobral, Bordalo II, Joana Cruz e Jorge Silva. Houve, ainda, lugar a cinco menções honrosas.

Os interessados podem visitar uma mostra até 30 de junho, na Galeria Millennium, em Lisboa (Rua Augusta), onde estão expostas as sardinhas mais interessantes deste cardume de 2018 das Festas de Lisboa.

Uma exposição que aproveita para mostrar como a sardinha é um dos alimentos mais ricos, um recurso importante na economia do mar e também para conhecer as personagens da história com quem se cruza.

O Concurso da Sardinha das Festas de Lisboa é promovido pela GEAC – Empresa de Gestão  de Equipamentos e Animação Cultural.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.