As fragrâncias disponíveis no mercado assumem quatro formas – perfume, água de perfume, água de toilette e água de colónia - consoante a concentração de essências.

O extracto ou perfume, com a maior concentração – entre 20 e 35 por cento de essências -, é a mais cara e menos usual das fragrâncias. O seu uso não é aconselhável no Verão.

Segue-se-lhe a água de perfume, com uma concentração de 20 por cento de essências. A sua permanência na pele prolonga-se por várias horas. Também deve ser usada com uma certa parcimónia. Duas ou três gotas são mais que suficientes para se sentir perfumada.

A água de toilette surge em terceiro lugar com uma percentagem que oscila entre os 12 e os 20 por cento. É a versão mais vulgar e mais vendida por todas as marcas de fragrâncias.

Finalmente, a água de colónica surge como uma versão muito suave. Na sua composição encontramos, somente, dois a cinco por cento de essências. Ideal para refrescar e aplicar em todo o corpo, especialmente na Primavera e no Verão.

<

Maria Fernanda Diniz

http://fragrancias.blogs.sapo.pt/

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.