"Há muitos casos nas escolas em Castelo Branco. Neste momento, não lhe posso quantificar, mas são muitos", disse à agência Lusa José Augusto Alves.

O autarca explicou que a saúde pública está a acompanhar os casos que vão surgindo nos estabelecimentos de ensino de Castelo Branco.

"O melhor era encerrar, pelo menos o 3º ciclo e ensino secundário, durante duas semanas para ver se isto estabiliza. Há muitos casos", concluiu.

A Comissão Municipal de Proteção Civil (CMPC) de Viseu também defendeu hoje a suspensão da atividade letiva e educativa em regime presencial do 3.º ciclo e ensino secundário no concelho de Viseu, depois de se ter reunido com diversos responsáveis.

“Exigir à tutela a suspensão da atividade letiva e educativa em regime presencial do 3.º ciclo e ensino secundário nos estabelecimentos de ensino do concelho de Viseu, passando estes níveis de escolaridade a funcionar na modalidade de ensino à distância, por um período de 15 dias, e com posterior avaliação”, afirma a CMPC de Viseu, num comunicado divulgado hoje.

“É fundamental minimizar a transmissão comunitária ativa e aliviar a pressão existente nos serviços de saúde, nomeadamente na capacidade esgotada da Autoridade de Saúde local no que diz respeito ao estudo epidemiológico das cadeias de transmissão”, justifica.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.