Pode ser difícil, mas tente lembrar-se de que foram precisos nove meses para aqui chegar, por isso nada voltará ao início – emocional ou fisicamente – da noite para o dia.

O que deve esperar do seu corpo:

• Vai começar logo a perder peso. Embora possa demorar algum tempo a voltar ao peso anterior à gravidez, a maioria das mulheres perde cerca de 5,5 kg depois de dar à luz um bebé com 3 a 4 quilos, de perder 0,5 kg ou 1 kg de placenta e pelo menos meio quilo de sangue e líquido amniótico. Embora seja preciso algum tempo para o corpo recuperar a forma anterior à gravidez – a barriga de grávida pode ficar um pouco mais tempo do que gostaria – no final da primeira semana já terá provavelmente perdido cerca de 1,8 kg de peso em água.

• Vai ter lóquios. Depois do nascimento do bebé, o revestimento do útero vai começar a descamar, dando origem a uma descarga, a que chamamos lóquios, e que dura algumas semanas. No inicio, esta descarga vem misturada com sangue, tendo uma aparência vermelha viva e idêntica à menstruação. Posteriormente, começa a ficar gradualmente mais clara, terminando com uma cor branca ou amarela.

• Vai estar emocionalmente sensível. Nas primeiras duas ou três semanas após o parto, 60 a 80 por cento das mães recentes sentem uma sensação de depressão. Pode dar por si de mau humor e com vontade de chorar, exausta, com dificuldade em dormir ou sentir-se encurralada ou ansiosa. O seu apetite pode mudar – tanto pode ter mais como menos fome – ou então pode sentir-se irritadiça, nervosa ou preocupada com o seu papel de mãe. A boa notícia é que este turbilhão emocional passa normalmente em duas a quatro semanas.

Contacte o seu médico se:

• encher um penso higiénico por hora: pode ser sinal de hemorragia pós-parto.

• sentir sintomas gripais: pode ser um caso de mastite, uma inflamação da mama.

• detectar sinais de infecção ou dor na zona da incisão de uma episiotomia, rasgão ou cesariana.

• não conseguir dormir mesmo quando o bebé está a dormir, tiver pensamentos em que faz mal ao bebé ou se chorar o dia todo, durante vários dias, ou tiver acessos de pânico. Estes são sinais de depressão pós-parto.

Como recuperar rapidamente:

• Durma quando o bebé dormir. Pode ser difícil seguir este conselho, especialmente de dia, mas ajuda mesmo.

• Limite as visitas e o tempo que passa com elas. Pondere desligar o telefone e colocar uma mensagem “estamos a fazer a sesta” na porta de casa para desincentivar visitas imprevistas.

• Faça uma alimentação equilibrada.

• Beba muitos líquidos. Evite bebidas com cafeína, álcool e refrigerantes açucarados.

• Aceite todas as ofertas de ajuda na cozinha, limpeza, cuidar das crianças, tratar de tarefas e outros que tais. Se ninguém se oferecer, peça ajuda. É difícil, mas confie em nós, os amigos e a família querem ajudar e sentir-se-ão provavelmente honrados se lhes pedir. Se não conseguir ajudas gratuitas, pense em contratar alguém para ajudar com o bebé, uma mulher-a-dias ou outras que possam dar-lhe alguma folga.

• Não se isole. Falar com amigos, familiares e outras mães recentes sobre a experiência do parto e a vida com um recém-nascido podem ajudar a lidar com tudo.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.