Uma Thurman já tinha falado das inúmeras situações de abuso sexual por que tinha passado ao longo da sua carreira, contudo, nunca tinha revelado pormenores sobre as mesmas.

Num artigo publicado pelo The New York Times, a atriz revelou que foi abusada por um ator que tinha mais 20 anos do que ela, quando apenas era uma jovem de 16. No mesmo âmbito explicou como foi trabalhar ao lado de Harvey Weinstein, que segundo a própria, a assediou várias vezes.

“Eu tenho um sentimento complicado pelo Harvey e é muito mau depois ouvir que tantas mulheres foram atacadas depois de mim”, afirmou.

Thurman ainda recorda o momento em que o produtor de Hollywood foi convidado para integrar a equipa do filme ‘Kill Bill’ (2003), que apesar de abordar o poder feminino, acabou por deitar essa ideia abaixo na medida em que se acreditava que as situações de assédio não eram erradas.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.