Representa a Letónia no Festival Eurovisão da Canção de 2018, mas cresceu no Brasil e vive nos EUA. Foi lá, quando estudava, que Laura Rizzotto, filha de uma brasileira descendente de portugueses e de um letão que também tem nacionalidade brasileira, foi contactada para ajudar Jennifer Lopez a cantar em português. "Foi uma experiência fantástica. Fui vocal coach dela", revelou em Lisboa durante uma conferência de imprensa.

"Além de cantarmos nos ensaios, ainda cantei com ela mais duas vezes. Cresci a ouvir a música dela e aprendi muito com ela. É uma pessoa muito profissional", elogia a intérprete de "Funny girl", uma das canções que tenta esta noite o apuramento para a grande final de sábado do eurofestival. "Chegaste" é o nome do dueto com o cantor brasileiro Roberto Carlos que Laura Rizzotto ensinou Jennifer Lopez a cantar num português correto.

"A Letónia é um país muito musical. Tenho a sorte de ser de dois países muito musicais", afirmou ainda a letã, fã de Seu Jorge, Os Paralamas do Sucesso, Ivete Sangalo e Caetano Veloso. "O leãozinho" é, aliás, uma das canções preferidas da cantora de 23 anos. "Ouço-a sempre no carro quando vou de viagem", desabafa Laura Rizzotto. Depois do eurofestival, são muitos os projetos que tem em mãos. O novo single, "Bonjour", é um deles.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.