O programa 'Casa Feliz', da SIC, contou com a presença de Luana Piovani, esta quarta-feira, dia 2 de dezembro.

A atriz brasileira esteve à conversa com Diana Chaves e João Baião, tendo começado por destacar as razões que a levaram-se a mudar-se para Portugal.

Com a insegurança que sente no Brasil e "a paz" que vive em Portugal, Luana não podia estar mais feliz na nova casa, em Cascais.

"No Brasil, infelizmente, não vivemos em paz. Estamos na rua, a fazer compras ou quando vamos a um restaurante, e estás o tempo todo em alerta. Qualquer pessoa que chega perto de nós, que chegue perto na nossa bolsa... É um stress que consome a nossa saúde mental", começou por dizer.

"O Brasil vive nessa realidade e o facto de chegares aqui e não te preocupares... O meu carro era à prova de balas, o que aqui não existe. Vim para cá porque queria que os meus filhos andassem de transportes públicos, queria que eles fossem pessoas normais, que tivessem uma vida normal, que pudessem ir de bicicleta a casa de um amigo estudar ou brincar. E isso não vivemos no Brasil e é muito bom aqui porque é paz. E a partir daí, tudo fica bom. A comida é incrível, o vinho é maravilhoso, as pessoas são super receptíveis", acrescentou.

Luana recordou ainda o início da carreira de 30 anos, lembrando que começou como modelo aos 14 anos, estreando-se depois aos 16 na televisão e tendo subido pela primeira vez ao palco aos 19.

Atualmente, a atriz está no ar na série 'O Clube', da Opto, onde dá vida a uma prostituta. Além disso, está também a produzir a primeira peça de teatro em Portugal, que vai estrear no próximo ano.

Leia Também: Luana Piovani: As primeiras imagens como prostituta em série portuguesa

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.