Kris Jenner foi acusada de assediar sexualmente um dos seus seguranças - Marc McWilliams. Conforme nota o Page Six, a matriarca do clã Kardashian/Jenner, a empresa de segurança e ainda Kourtney Kardashian foram alvos de um processo em tribunal por parte de Marc.

McWilliams garantiu que "se tornou objeto de avanços sexuais indesejados", assim como de constantes situações de assédio por parte de Jenner, de 64 anos.

Este alega que a empresária levou a cabo contactos físicos não consentidos por ele. A alegada vítima refere ainda que denunciou a situação entre maio de 2017 e setembro de 2018 aos recursos humanos, mas que nada acabou por ser feito.

O advogado de Kris e Kourtney já comentou o assunto: “Kris Jenner e Kourtney Kardashian negam veemente as alegações completamente falsas feitas pelo guarda-costas Marc McWilliams. As alegações absurdas dele foram claramente inventadas. A Kris nunca se comportou de maneira inapropriada com ele", lê-se num comunicado.

Agora resta esperar pelo desfecho do processo.

Leia Também: Kris Jenner emociona-se com fim de 'Keeping Up with the Kardashians'

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.