Indiferente à crise que o país atravessa, Alberto João Jardim prepara-se para gastar a módica quantia de três milhões de euros nas celebrações do Natal e Ano Novo na Madeira.

A despesa está contemplada no orçamento regional e os serviços foram adjudicados, como aliás tem acontecido nos últimos quinze anos, a uma empresa pertencente ao ex-deputado regional do PSD, Sílvio Santos.

A adjudicação foi feita de forma direta, após o concurso público ter sido anulado na sequência de pedidos de impugnação apresentados pelas outras empresas concorrentes.

Alberto João Jardim justifica este investimento em tempo de vacas magras com o número de turistas que a ilha recebe normalmente nesta época do ano. Não esclarece, porém, se a receita cobre a despesa.

O programa de animação da Madeira deverá ocorrer entre 9 de dezembro e 6 de janeiro, com muita folia e o sempre espectacular fogo de artifício. No total prevê-se que o Natal e o fim de ano na Madeira custem cerca de cinco milhões de euros.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.