Gérard Depardieu foi alvo de uma segunda queixa de agressão sexual, desta vez levada a cabo por Hélène Darra. O alegado caso terá acontecido em 2007 e foi denunciado em setembro passado, revela o Ministério Público francês.

Embora o caso tenha prescrito, Hélène recebeu a confirmação de que o mesmo será investigado pelo MP.

A artista, a um programa de televisão francês, confessou ter sido apalpada por Gérard Depardieu quando tinha 26 anos, durante as gravações do filme 'Disco', em que participou como figurante.

Hélène Darra terá sido ainda convidada para acompanhar Gérard até ao camarim e, embora a resposta tenha sido negativa, o artista nunca deixou de insistir.

Vale lembrar que a estrela francesa foi formalmente acusada, em dezembro de 2020, de ter violado e agredido sexualmente a também atriz Charlotte Arnould. Depois disso, outras treze mulheres apresentaram queixas contra Gérard Depardieu por assédio sexual e violência sexual no local de trabalho. Entre as queixas apresentadas estão apalpões, propostas explícitas indesejadas e abuso de poder.

Leia Também: Gérard Depardieu acusado por 13 mulheres de violência sexual

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.