Depois das emotivas palavras de António Raminhos, foi a vez de Nuno Markl tornar pública a sua homenagem a Tiago André Alves. O comediante morreu aos 32 anos depois de, em 2017, ter sido diagnosticado com cancro terminal.

Nuno Markl esteve com Tiago André Alves "uma única vez", o suficiente para ter ficado "impressionado pela maneira como ele lidava com a doença".

"De certa maneira já a vencera, até mesmo no seu auge, tal o humor com que falava dela e a usava como material do seu ofício", realça, referindo-se à forma como o comediante brincava com o facto de ter cancro.

"Desde então não tive mais notícias dele, mas hoje, dia da sua tristemente esperada punchline, cruzei-me com este excerto da entrevista que ele deu ao António Raminhos. O misto de desencanto, paz e - porque não dizer - alegria com que ele fala da bizarria das subscrições anuais para um tipo que não sabe quantos meses mais de vida terá, é uma invejável e inspiradora lição sobre o poder libertador da comédia. É terrível partir tão cedo, mas é incrível partir com este espírito", termina o também humorista, fazendo questão de deixar um abraço à família e amigos de Tiago.

Leia Também: Tiago André Alves morre aos 32 anos após diagnóstico de cancro terminal

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.