Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz: são estes o nomes da nova dupla das manhãs da TVI. Durante uma conferência de imprensa tivemos a oportunidade de falar com ambos os apresentadores.

"Nervosa com a estreia?", perguntámos a Maria Botelho Moniz. "Ansiosa. Acho que os nervos já ficaram com as outras estreias, agora é pôr em prática aquilo que se aprendeu em 15 anos de televisão ao lado do Cláudio, numa estação que me acolheu braços abertos".

Já Cláudio, nota: "Desde que comecei a fazer televisão era isto que queria fazer. Não há outra coisa, é isto. Trabalhei muito para chegar aqui, não cheguei ontem", reponde-nos, confiante.

"Então que Cláudio vamos ver nestas manhãs?", questionámos.

"O mesmo. Uma vez a Maria perguntou-me ao telefone: 'tu vais ser o quê?' Eu vou ser isto. Não vou ser de outra maneira porque é isto que as pessoas querem. Não acredito que em daytime consigas ser outra pessoa. O melhor é ser verdadeiro", notou, dizendo que mesmo que não agrade a toda a gente, à grande maioria não irá dececionar.

Maria, por seu turno, evidenciou a enorme responsabilidade que é suceder à imbatível dupla de Manuel Luís Goucha e Cristina Ferreira. "É um peso muito grande. Acho que não podemos negar. O Goucha e a Cristina foram a maior dupla, arrisco-me a dizer. Não me lembro de ver televisão sem estas duas pessoas"

"É história. Não queres comparações", afirma logo Cláudio. "A Cristina não é a Maria e o Goucha não é o Cláudio. Nunca queres fazer menos daquilo. Quero pelo menos fazer igual e, se conseguir, melhor. Depois olha, celebremos todos daqui a 17 anos se conseguirmos".

Um longo caminho na televisão que trouxe frutos

Felizes com esta oportunidade, Cláudio e Maria reconhecem que a mesma não surgiu por acaso. Foi antes o resultado de um longo caminho repleto de trabalho e desafios. A persistência foi sempre a palavra de ordem.

"Tenho recebido muitas mensagens de pessoas a agradecer o facto de nós termos feito o caminho que fizemos. Há muita gente que luta muito tempo para chegar a um lugar e que precisa de ter exemplos de persistência e resiliência. As pessoas estão mesmo felizes por nós", confidenciou Maria.

Cláudio completou: "Somos uns privilegiados por estarmos neste lugar. Tivemos o caminho e a sorte de estarmos aqui neste momento em que os diretores resolveram nos colocar. Mas se não tivéssemos feito esse caminho, não tinham olhado para nós. Não me arrependo de nada daquilo que fiz. Tudo tem a sua importância dentro da antena".

Leia Também: Cláudio Ramos e Maria Botelho Moniz serão a nova dupla das manhãs da TVI

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.