Tem um terraço que pretende decorar?

Veja o que a arquitecta paisagista Teresa Chambel e a decoradora Ana Cristina Antunes sugerem.

O de Sandra Bártolo, vencedora do Passatempo Vamos decorar o seu terraço, tem uma área de cerca de 40 m2 e é um espaço murado sem vistas, que se pretende tenha uma grande utilização como espaço de lazer exterior.

O pavimento existente em mosaico branco torna-o bastante frio e pouco acolhedor. Propomos que seja coberto com um deck de madeira, que irá conferir maior conforto e torná-lo mais acolhedor.

Haverá zonas de calhau rolado nos limites dos canteiros, para nos permitir facilitar a drenagem dos vasos e criar um maior contraste cromático com as plantações e o deck. A conjugação destes elementos permite-nos criar neste espaço um ambiente
contemporâneo, versátil e confortável.

Para conseguirmos dotar este espaço de maior profundidade e atenuar a leitura de espaço entre muros, optámos pela criação de
canteiros na totalidade do seu limite. Desta forma, criamos uma parede verde que nos permite criar uma zona mais confortável e a
colocação de várias plantações de diferentes alturas e tonalidades.

Será plantada uma sebe de bambus ao longo de todo o limite, vamos ter dois tipos de bambus (Phyllostachys áurea e Phyllostachys nigra). A opção por esta planta tem a ver com o desejo da proprietária da criar de um ambiente mais zen e relaxante. Os bambus são plantas resistentes de forma muito elegante e com um crescimento bastante rápido, o que permite camuflar com grande rapidez os limites deste terraço.

Junto às paredes, sugerimos a plantação de trepadeiras, jasmim (pelo aroma e floração branca) e a vinha virgem (pela coloração
avermelhada das folhas no Outono).

Desta forma, as diferentes estações serão marcadas, pelas variações de floração e de tonalidade das folhas. Propomos a criação de zonas com plantação de herbáceas de cor (salvias, cyclamens, bolbosas, etc). Serão distribuídos pelo espaço grandes vasos com Acer pseudoplatanus atropurpureum, azáleas e rododendros, arbustos talhados, etc.

Os canteiros serão construídos em madeira ou aço cortene, tendo de ser prevista a drenagem. Propomos como zona coberta a
colocação de uma pérgola de madeira onde será criada a área de refeições. Pelo facto de a proprietária deste espaço gostar de um design mais contemporâneo, optou-se pela escolha de uma mesa em aço e pedra em tons de cinzento e preto, com cadeiras nos mesmos tons.

Veja na página seguinte: Os vasos recomendados

Criou-se ainda uma zona mais informal com dois cadeirões em ratan de cor cinza escuro e uma mesa de apoio, nesta zona poderá ser colocada uma lanterna, bem como junto à mesa de refeições.

Os vasos a utilizar serão brancos e pretos com formas redondas e quadradas, os tons deste terraço serão pretos, brancos e cinza No entanto, com as plantações escolhidas conseguimos introduzir elementos de cor (o encarnado da sálvis, o branco do jasmim, o rosa e branco das azáleas, etc).

Propomos ainda que este espaço tenha uma componente de jardim útil com a criação de uma parede com estruturas de minigarden (3 ou 4 lado a lado e sobrepostas).

Desta forma, além de todas as aromáticas e medicinais podemos ainda ter tomates, pimentos, piri-piri, rúcula, alface, etc. A sobreposição de seis ou nove estruturas de minigarden cria uma imagem de parede verde muito interessante.

Edição: Luís Melo

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.