"Temos que estar totalmente despertos no presente para apreciar o chá.

Apenas com a consciência no presente, as nossas mãos podem sentir o agradável calor da chávena.

Apenas no presente podemos apreciar o aroma, sentir a doçura e saborear a delicadeza.

Se estamos a ruminar sobre o passado ou preocupados com o futuro, perdemos por completo a experiência de apreciar a chávena de chá. Olharemos para a chávena e o chá terá já terminado.

A vida é assim. Se não estamos totalmente no presente, quando olharmos à nossa volta esta terá desaparecido.

Teremos perdido a sensação, o aroma, a delicadeza e a beleza da Vida.

Parecerá ter passado a correr por nós.

O passado terminou. Aprendamos com ele e deixemo-lo ir. O futuro ainda não está aqui.

Planeemos, sim, mas não gastemos o tempo a preocupar-nos com ele.

A preocupação é uma perda de tempo.

Quando pararmos de ruminar sobre o que já aconteceu, quando pararmos de nos preocupar com o que poderá nunca vir a acontecer, então estaremos no momento presente.

Só então começaremos a experimentar a alegria de viver..."

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.