Rosário Farmhouse nasceu em Lisboa, na Freguesia de S. Sebastião da Pedreira, em 1968. É licenciada em Antropologia (especialização em Antropologia Social), pela Universidade Técnica (Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas).

Entre 1996 e 2008 trabalhou no Serviço Jesuíta aos Refugiados de Portugal, tendo assumido as funções de diretora desse serviço entre janeiro de 2003 e fevereiro de 2008.

A sua experiência nesta vertente justificou a publicação do livro “Começar de Novo – passo a passo com refugiados e deslocados”, em junho de 2002.

O seu trabalho tem vindo a ser reconhecido publicamente com vários prémios e/ou condecorações: em março de 2003 foi condecorada com o grau de Oficial da Ordem do Infante D. Henrique pelo Senhor Presidente da República; a 15 de dezembro de 2005 foi eleita pela revista Visão uma das personalidades do ano de 2005; a 26 de julho de 2006 foi distinguida pela câmara municipal de Loures com a medalha de mérito e dedicação; a 8 de fevereiro de 2008 recebeu o Prémio Padre António Vieira (criado no âmbito da celebração dos 400 anos do seu nascimento), pelo seu trabalho desempenhado na construção do diálogo intercultural e inter-religioso; a 23 de setembro de 2008 foi condecorada com a Ordem da Princesa Olga pelo presidente da Ucrânia.

Desde 8 de fevereiro de 2008 que tem vindo a exercer as funções de Alta Comissária para a Imigração e Diálogo Intercultural.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.