O grande mote da investigação americana foi a questão:Quem é melhor na matemática...homens ou mulheres?

A ideia de que os homens são melhores do que as mulheres nesta disciplina tem sido apoiada durante décadas por avaliações entre estudantes, em que os meninos parecem fazer contas melhor do que as meninas.

Mesmo em competições internacionais, como as olimpíadas de matemática ou nos nóbeis, essa máxima prevalece.

Porém, há pesquisadores que contestam a tese de que ser bom em ciências exactas é uma qualidade inata do sexo masculino, como o professor de economia Glenn Ellison, autor de um estudo recente sobre o assunto.

Ellison resolveu investigar o tema com base nas competições de matemática americanas. Analisou, assim, dados sobre 125 mil participantes de olimpíadas no país e percebeu que enquanto metade dos homens eram estudantes de mais de 200 escolas, a maioria das meninas eram alunas de apenas 20.

Para Ellison, a diferença de desempenho entre as mulheres de uma escola para outra seria uma indicação importante de que o problema não está nas estudantes, mas nas escolas.

Outra indicação de que Ellison pode estar na trilha certa é que desde a década de 60, à medida que mais raparigas se dedicam a estudar matemática, a diferença de desempenho entre homens e mulheres é menor.

Apesar disso, o próprio pesquisador admite que ainda será preciso mais tempo e trabalho para se declarar a igualdade matemática entre os sexos.

23 de Dezembro de 2009

Veja ainda:

O jogo dos encontros

O porquê das fantasias

Mulheres mais preocupadas com a saúde enquanto homens com a aparência

Eles mentem e elas também

Os segredos do sexo oposto

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.