A modelo britânica Naomi Campbell concordou em depor no julgamento do diamante de sangue que, supostamente, o ex-presidente da Libéria Charles Taylor lhe ofereceu.

A corte de Serra Leoa convocou a top model para contrariar as alegações de Taylor de que nunca possuiu diamantes brutos, quando recai sobre ele a acusação de vendê-los para a África do Sul para aquisição de armas.

"Ela é uma testemunha e foi chamada a ajudar a esclarecer factos de 1997. Naomi Campbell deixou claro que tem intenção de ajudar nos procedimentos legais. Para que não reste dúvida, ela não está a ser acusada de ter feito nada de errado e não está a ser julgada", referiram entidades oficiais ligadas ao processo.

Recorde-se que esta situação reporta-se a Janeiro de 97 quando Taylor terá dado a Campbell um grande diamante bruto depois de um jantar cujo anfitrião era Nelson Mandela.

Em entrevista no programa da Oprah, Naomi Campbell diz temer pela sua família, mas ainda assim vai depor a 29 de Julho.

12 de Julho de 2010

Veja ainda:

Look younger in 30 dias

Dita Von Teese fas strip no desfile de Gaultier

Paris fashion Week: Chanel

Acabe com os mitos das dietas

Uma pen que vai fazê-la brilhar

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.