Homofóbicos sentem atração por pessoas do mesmo sexo, revela estudo realizado pelas universidades de Rochester, Essex e Califórnia, nos Estados Unidos.

Ou seja, este tipo de comportamento só reprime o desejo sentido de estar com alguém do mesmo sexo, mas que, por uma série de motivos, o indivíduo não quer assumir.

A pesquisa foi tornada pública no Journal of Personality and Social Psychology" que divulgou todos os detalhes da investigação. O estudo recaiu sobre quatro grupos com160 estudantes universitários cada, entre alemães e norte-americanos.

Os pesquisadores mediram as discrepâncias entre o que as pessoas diziam sobre a sua orientação sexual e como elas reagiam durante uma determinada tarefa.

No primeiro, foram mostradas palavras e imagens para que classificassem como "gay" ou "hetero". Na segunda tarefa os estudantes foram incentivados a identificar fotos de pessoas do mesmo sexo ou do sexo oposto. Nos dois últimos testes, apurou-se dados sobre a sua vivência, educação e crenças com perguntas do tipo "Seria perturbador para a minha mãe descobrir que ela estava sozinha com uma lésbica" ou "O meu pai evita homens gays sempre que possível?".

Compilados os dados, a conclusão é de que há receio pelo julgamento alheio, razão pela qual os homofóbicos não se denunciam. Pelo contrário, escondem-se por trás deste pensamento agressivo.

11 de abril de 2012

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.