A Taskrabbit apresenta seis dicas para tornar a sua casa mais confortável nos próximos meses, sem prejudicar o seu bolso.

1. Casas inteligentes

Reduzir o consumo de energia utilizada em casa é uma das principais preocupações dos portugueses, tanto que, de acordo com os resultados estatísticos recolhidos pela Taskrabbit, a procura na plataforma por "eficiência energética" aumentou 800%, o que demonstra uma maior sensibilização, especialmente durante os meses de inverno, quando a conta de energia pode ser maior.

Entre os dispositivos que podem ser utilizados, destaca-se a lâmpada inteligente, que pode ser conectada à rede Wi-Fi e, assim, ser controlada pelo telemóvel, e o termostato inteligente, que tem o mesmo objetivo da lâmpada e oferece a possibilidade de ligar ou desligar os sistemas de aquecimento e refrigeração de qualquer lugar a partir do dispositivo móvel.

2. Preenchimento de paredes

As paredes das casas são umas das principais responsáveis pelas perdas de calor para o exterior, e é por isso importante que se coloquem elementos que funcionem como protetores e isoladores de calor, como por exemplo quadros ou espelhos.

Outra opção pode ser pintar as paredes com tons mais quentes ou colocar um papel de parede. Estas opções vão ajudar a acumular o calor na casa.

3. Isolar janelas e portas

O isolamento das janelas e das portas é um dos mais importantes reparos que ajudam na preservação de calor nas casas.

É possível perceber facilmente se existem fissuras que estejam a gerar fugas de calor e, depois de identificadas podem ser isoladas com fita adesiva, borracha ou espuma.

Para as portas, de forma a evitar correntes de ar e para ajudar a que o calor não se dissipe, podem ser colocadas, por exemplo, um “chouriço”, um veda portas ou um protetor duplo.

4. Cortinas blackout

Com os dias mais frios é natural que o calor absorvido durante o dia se vá dissipando até à noite. Uma forma de reter este calor, quando não é possível colocar vidros duplos nas janelas, é fechar muito bem os vidros e ter cortinas grossas, com efeito blackout, que para além de ajudarem a manter o calor garantem também um conforto térmico visual.

5. Iluminação adequada

A iluminação através de lâmpadas cor âmbar proporcionam um ambiente mais confortável, mas não só, uma vez que estas luzes amareladas ajudam também a manter uma impressão de calor.

Com a iluminação adequada é possível manter uma sensação térmica quente, basta escolher e investir em pontos de luz específicos nas casas.

6. Disposição dos móveis

Se os móveis estão próximos ou encostados às paredes é normal que em dias mais frios possam transmitir frio ou humidade. No entanto, é possível diminuir esta sensação térmica desconfortável desencostando-os das paredes.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.