Sabia que a gestão das finanças de Britney Spears passou para o pai porque ela não sabia como gerir o seu dinheiro? Ou que a estrela de “Game of Thrones” Lena Headey depois do seu divórcio apenas tinha cinco dólares na sua conta bancária? Estes são apenas alguns exemplos de que como os problemas financeiros não passam ao lado das celebridades. Também elas não são imunes à má gestão do seu património e muitas acabam por enfrentar situações de endividamento e problemas com as autoridades fiscais.

Descubra então o que pode aprender com os erros financeiros de algumas celebridades.

 1. Tenha os impostos em dia

Preencher uma declaração de impostos pode ser confuso. Até porque a legislação está em constante evolução, existindo alterações praticamente todos os anos. Mas entregar a declaração de rendimentos e pagar os impostos devidos é uma obrigação que não pode ser esquecida pelos consumidores sob pena de virem a sofrer consequências graves (Ex: coimas, penhoras, etc.). Por exemplo, o ator Nicolas Cage, apesar de em 2009 ter ganho cerca de 40 milhões de dólares, devia 6,2 milhões ao fisco norte-americano. Esta situação levou à penhora da sua casa em Nova Orleães. É por isso importante que tenha as suas obrigações fiscais em dia. Leia também o artigo “Especial Mês do IRS: Um artigo didático por dia”

 2. Faça uma boa gestão do seu orçamento

Estar informado sobre o estado das suas finanças - nomeadamente saber onde está a gastar o seu dinheiro - é outro cuidado que deve ter se quer evitar potenciais problemas financeiros. Foi isso que faltou à cantora Rihanna. Ao negligenciar a gestão dos seus rendimentos, a cantora que no início de 2009 tinha uma liquidez de 11 milhões de dólares acabou o ano com apenas dois milhões de dólares. Com as suas despesas a aumentar (com a compra de uma casa no valor de sete milhões de dólares), a artista ficou perto de abrir falência.

Para evitar chegar uma situação semelhante, tente dedicar um dia da sua semana para analisar o extrato bancário e identificar para onde está a ir a maior parte do seu dinheiro. Desta forma, conseguirá identificar possíveis gastos excessivos e saber onde poderá poupar. Leia também o artigo “Como organizar o orçamento quando está sem dinheiro”.

3. Faça um acordo pré-nupcial

Sabe o que a Angelina Jolie e Brad Pitt, Kim Kardashian e Kanye West ou Beyoncé e Jay-Z têm em comum? Todos estes casais chegaram a consenso no que toca ao acordo pré-nupcial. Lembre-se que passar por um processo de divórcio é uma das razões que levam muitas pessoas a uma situação de sobre-endividamento.

Em Portugal pode escolher três formas diferentes de acordar o regime de bens no casamento. São elas a comunhão de bens, a separação de bens e a comunhão de adquiridos. Se tiver dúvidas sobre que regime escolher antes de se casar, procure ajuda profissional. Leia ainda o artigo “Descubra quais são os custos do divórcio”.

 4. Resista à tentação

Uma das razões que motivaram os problemas financeiros da atriz de “Game of Thrones” Lena Headey foi o facto de ter acumulado diversos créditos para pagar as suas despesas enquanto era casada. Apesar de ser uma das atrizes mais bem pagas da série, quando se divorciou apenas tinha cinco dólares na sua conta bancária, tendo depois recorrido aos cartões de crédito para conseguir financiar as suas despesas do dia-a-dia.

Para evitar entrar numa espiral de endividamento leia também o artigo “Seis mitos que podem conduzi-lo ao sobre-endividamento”.

 5. Esteja preparado para flutuação nos seus rendimentos

Apesar do estatuto de “estrela” a maior parte das celebridades não tem um rendimento fixo. Mesmo participando em filmes ou séries de televisão, o pagamento do trabalho é feito durante o tempo de trabalho que pode durar algumas semanas ou meses. Sendo que podem existir largos períodos em que, por falta de trabalho, estas celebridades não obtêm rendimentos.

Esta realidade exige um controlo do orçamento familiar ainda mais apertado e a construção de um “pé-de-meia” para garantir que em tempos de maior incerteza terá sempre uma “almofada financeira” que lhe permita cumprir com todos os seus encargos. Leia também o artigo “Quatro sinais de que não está a gerir bem o seu dinheiro.


Leia também:

Seis dicas para vender artigos usados na internet com sucesso

Sete formas para poupar no restaurante

O que acontece aos créditos em caso de divórcio

Seis dicas para negociar um desconto

Seis erros a evitar quando compra casa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.