A cirurgia plástica reconstrutiva e estética é a sua vida. Já foi apelidado de «pai da lipoaspiração em Portugal» e o seu profissionalismo valeu-lhe uma condecoração do Presidente da República, Jorge Sampaio. Biscaia Fraga é sobejamente conhecido e quase dispensa apresentações. Conheça melhor o cirurgião plástico colaborador da Ultimate Beauty desde o primeiro número da revista e também na sua versão online. A carreira deste profissional tem sido ascensional, fruto da sua perseverança e de «não conseguir estar quieto», como ele próprio assume.

Durante a vida académica, as boas notas foram uma constante, de tal forma que foi convidado para ser monitor remunerado, desde o segundo ano da faculdade, em anatomia descritiva e anatomia tomográfica. «Foi aqui que me tornei autónomo, pois as finanças eram controladas pelo meu pai que nunca concordou com a minha escolha, queria que fosse advogado», conta. Oriundo de uma vila no interior das serranias de Portugal, nunca deixou de trabalhar enquanto estudava.

Já aí demonstrava uma grande vontade de aprender e de não estar parado. «Acumulava cargos e ingressei como estagiário no IPO de Lisboa, onde trabalhei com o Dr. Francisco Gentil», recorda. O facto de ter assistido a grandes dramas pessoais e sociais de crianças a quem eram amputados membros ou de mulheres mastectomizadas foi decisivo na escolha da especialidade de cirurgia plástica reconstrutiva e estética. O que Biscaia Fraga não sabia era que teria de esperar cerca de cinco anos para concretizar esse desejo.

A vontade férrea de ser cirurgião

Em 1973, ano em que terminou a licenciatura, «o país passou por uma fase conturbada e deixou de haver entradas para especialidades hospitalares», recorda. Optou por trabalhar na periferia, em Santiago do Cacém. Acabou por especializar-se, em simultâneo, em saúde ocupacional, na Escola Nacional de Saúde Pública. «Como sou irrequieto por natureza, escolhi esta alternativa, apesar de ter a certeza que me iria especializar em cirurgia plástica reconstrutiva e estética assim que houvesse oportunidade», explica Biscaia Fraga.

Assim foi. E a sua vontade de aprender e de se especializar não escolheu fronteiras. Esteve seis meses na Suiça, dois em Oxford e trabalhou três anos numa clínica inglesa. Passou também por Paris. De regresso a Portugal, passou por várias áreas no Hospital Egas Moniz até ser convidado para diretor de serviço e, posteriormente, para diretor de departamento. 2015 marca a comemoração dos 25 anos da sua própria clínica. O que mudou desde então?

«A cirurgia plástica e estética acompanha os indicadores da evolução cultural, intelectual e global do ser humano. Ao longo dos tempos, houve sempre quem se assumisse como anti-estética mas esta é uma especialidade que vai continuar a crescer e a ser cada vez mais procurada», acredita o especialista, responsável pela nova aparência de muitas figuras públicas nacionais, incluindo políticos, atores, cantoras e outras celebridades.

Veja na página seguinte: As confissões de Biscaia Fraga numa entrevista intimista

Do que é que mais gosta no seu trabalho?

O que mais gosto é a cirurgia da face e da mama, quer estética, quer reconstrutiva.

O que mais o atrai no corpo humano?

A face é a parte do corpo humano que põe mais à prova o carácter de perfeição de um cirurgião. Isso é indiscutível. Mas todas as áreas são importantes, desde a face, à mama, à mão…

Já se submeteu a alguma cirurgia plástica?

Tenho planeado fazer uma cirurgia plástica para aperfeiçoar as pálpebras e o nariz. Estou à espera de oportunidade para a realizar.

Já operou alguém da sua família?

Sim. Operei uma familiar que fez uma fratura da mandíbula mas o cirurgião que procurou não dominava a técnica convenientemente e pediu-me para ser eu a fazer a intervenção. Apesar de não ser uma cirurgia fácil, felizmente, correu tudo bem e ela está óptima. Nestes casos, é um stress completamente diferente. Se for uma situação demasiado importante, prefiro não operar.

Qual foi o momento mais importante da sua carreira?

O que mais me impressionou foi em Londres, os ingleses terem ficado muito admirados com o lift do pescoço e da face que executava. Isto foi dito publicamente por um professor inglês. Apresentei alguns casos que tinha operado e a reação foi muito positiva. A condecoração do senhor Presidente da República, Dr. Jorge Sampaio, deixou-me muito sensibilizado e não estava minimamente à espera.

Já algum paciente o comoveu de forma especial?

Tenho a história de um rapaz que teve um acidente e esteve à beira da morte. A namorada morreu e ele ficou com feridas gravíssimas. Depois de ser operado por mim, recuperou espectacularmente e voltou a jogar futebol. Certo dia, cheguei à clínica e tinha um sobrescrito à minha espera, o seu pai ofereceu-me uma viagem de duas semanas aos EUA.

Veja na página seguinte: O avanço científico por que Biscaia Fraga mais anseia

Qual o hábito de vida que considera mais saudável?

As pessoas devem conseguir obter um equilíbrio entre a vida pessoal, social e a harmonia biológica do próprio corpo. Deviam ter tempo para passear, viajar, andar a pé, trabalhar e estar com os amigos. Conjugar tudo isto é muito difícil nos dias de hoje. No fundo, as pessoas devem ter alegria em viver.

Qual o avanço científico por que mais anseia?

Aquilo que mais me fascina recentemente é a utilização do material biológico do próprio corpo humano com carácter duradouro. A sua utilização será cada vez mais intensa e científica mas ainda existe muita coisa a evoluir.

O currículo de Biscaia Fraga

Fez uma licenciatura em medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa e uma especialização em cirurgia plástica reconstrutiva e estética pela Ordem dos Médicos. Foi diretor do Departamento de Cirurgia Plástica e da Cabeça e Pescoço (cirurgia plástica e estética, maxilo-facial, estomatologia, oftalmologia e otorrinolaringologia) do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, que engloba os Hospitais Egas Moniz, São Francisco Xavier e Santa Cruz. Também dirigiu o Serviço de Cirurgia Plástica Reconstrutiva e Maxilo-Facial do Hospital Egas Moniz, em Lisboa.

Assistente de Anatomia Humana na Faculdade de Medicina de Lisboa entre 1975 e 1979, exerce atualmente a sua clínica privada na Clínica Biscaia Fraga, em Lisboa. É convidado principal de inúmeros congressos nacionais e internacionais. As suas especialidades prendem-se, sobretudo, com questões de saúde ocupacional e de cirurgia plástica reconstrutiva e estética.

Texto: Cláudia Pinto com Biscaia Fraga (cirurgião plástico)

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.