Com o passar dos anos, a internet tornou-se imprescindível para um grande número de habitantes do mundo.

Em Portugal, 64% dos agregados têm acesso a computador, 58% têm ligação à internet e 10% fizeram encomendas através desta via, de acordo com o Inquérito à Utilização de Tecnologias da Informação e da Comunicação pelas Famílias 2011, do Instituto Nacional de Estatística (INE) .

Hoje em dia, consegue fazer quase tudo através desta ferramenta que existe para facilitar a comunicação e a vida às pessoas. Se pensar nisso, a internet preenche algumas horas do seu quotidiano: pode aceder à sua conta bancária, ler as notícias do dia, manter-se atualizada dos blogues que segue, encomendar as compras da semana e até simplifica a sua vida nas questões mais burocráticas, como na entrega do IRS.

O espaço cibernético tornou-se num dos principais canais de venda para marcas conhecidas de supermercados, roupa, sapatos. E é um veículo de venda de livros, filmes, mobiliário, peças antigas e outro sem número de objetos que facilmente encontra à sua disposição pelo mundo virtual.

Por este motivo, a internet também se tornou num dos alvos mais apetecíveis para os mal-intencionados e casos de pessoas que foram enganadas através de vendas por este canal são comuns. Para que não seja mais uma, conheça as melhores formas para realizar os pagamentos das compras através da internet.

1. Contra-Entrega

O que é: Também conhecido como «envio à cobrança». Os pagamentos contra-entrega são feitos através dos CTT e pagos no ato da entrega da encomenda. Ao selecionar esta opção, estará a assumir o compromisso de efetuar o pagamento assim que a tiver na mão, através de cheque ou dinheiro.

Vantagens: Só paga depois de ver a encomenda, ideal para quando faz compras de objetos em segunda mão ou nos sites de leilões.

Desvantagens: Custos acrescidos (2,45 euros + IVA) e nem todas as empresas que vendem através de online disponibilizam esta modalidade de pagamento.

2. Cartões de Crédito

O que é: É o método mais comum de pagamento por quem costuma andar às compras no espaço virtual. Para fazer compras na internet com o cartão de crédito apenas necessita do número, data de validade e o código de segurança.

Vantagens: É prático e generalizado, pois quase todas as pessoas têm um cartão de crédito.

Desvantagens: Tenha cuidado redobrado com a utilização do cartão de crédito na internet por causa das fraudes. Certifique-se da segurança do site antes de digitar o número, data de validade e código de segurança. Em relação a despesas, os cartões de crédito podem ou não ter uma anuidade e se pagar fora do prazo gratuito, estará a pagar juros.

3. MBNet

O que é: Se não confia em si para ter um cartão de crédito, a alternativa pode ser o MBNet - um cartão de pagamento virtual. Para se registar apenas necessita ter um cartão de débito associado à sua conta bancária. Depois é-lhe atribuído uma identificação e um código secreto. Sempre que quiser fazer um pagamento, aceda à página do MBNet e crie um cartão temporário, que só pode ser utilizado uma vez.

Vantagens: Este método é bastante seguro, uma vez que não é necessário colocar os dados do seu cartão de débito na internet.

Desvantagens: Se utilizar esta forma de pagamento frequentemente num site, é possível que este bloqueie o acesso à conta como forma de segurança, pois poderá ser fraude.

Veja na página seguinte: Paypal

4. Paypal

O que é: É um sistema de pagamento eletrónico bastante utilizado, em que pode pagar através da sua conta bancária ou do cartão de crédito (pode recorrer ao MBNet).

Para aderir basta registar-se no site e depois recebe o código. É com este código que poderá fazer as suas compras e carregar o Paypall.

Vantagens: Não há encargos para abrir uma conta do PayPal nem para comprar itens utilizando a sua conta do PayPal. Outra vantagem é que os seus dados não são revelados à loja online.

Desvantagens: Tal como o MBNet, se utilizar o Paypal demasiadas vezes num site, poderá ver a sua conta bloqueada.

5. Paysafecard

O que é: É um método de pagamento para lojas online ideal para os mais jovens, pois o plafond disponível não vai para além dos 100 euros. É rápido, prático e não é obrigado a fornecer o número de cartão de crédito ou qualquer outro dado relacionado com a sua conta. Este cartão pode ser comprado em qualquer loja Payshop e lojas CTT. No primeiro ano não cobra taxas administrativas, passado esse período passa a cobrar dois euros por mês.

Vantagens: É seguro para os mais jovens, pois evita que transportem dinheiro. O público-alvo são os jovens, pois o saldo disponível não vai para além dos 100 euros.

Desvantagens: O máximo que pode carregar o cartão é com 100 euros, o que limita a utilização aos mais jovens.

6. Transferência bancária

O que é: É outra das formas mais utilizadas para realizar pagamentos de compras feitas pela internet. É prático porque pode fazê-lo através da internet, via homebanking, ou na caixa de multibanco mais próxima.

Vantagens: Prático, pode fazê-lo em qualquer lugar.

Desvantagens: Geralmente é exigido o pagamento antes do envio do produto. Este método também não é dos mais seguros, pois terá de fornecer os dados da sua conta.

A responsabilidade editorial desta informação é da

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.