Freelancer, nos dias que correm é muito mais do que uma opção para muitos profissionais. Seja porque estão desempregados e encontram neste regime uma saída ou porque simplesmente buscam um rendimento extra no final do mês, o facto é que são cada vez mais os profissionais que se “rendem” ao trabalho freelance.

São só algumas regras…

Mas até neste regime mais “livre” convém estabelecer (e cumprir) algumas regras, que – verá – serão indispensáveis para o seu sucesso. Para o ajudar deixamos-lhe algumas das principais.

  1. Defina a sua área de atividade

Este é o primeiro passo para o sucesso. Pense desta forma: enquanto freelancer está a oferecer os seus serviços numa determinada área, como tal deve ser capaz de definir a sua área de atividade e os serviços que se compromete a “vender”.

  1. Defina o seu espaço de trabalho

Para que tudo corra pelo melhor deve assegurar que cumpre todos os prazos definidos pelos clientes e que não falha nenhum dos compromissos assumidos. Mas nem sempre é fácil. Principalmente para quem tem tendência a “distrair-se” em casa. O segredo é definir um local específico para trabalhar. No entanto, se é uma daquelas pessoas que não gosta de trabalhar em casa, sozinho ou que tende a sentir-se entediado, temos outra solução para si: o coworking. Em Portugal encontra já vários espaços de cowork e a preços bem acessíveis, que além de lhe permitirem trabalhar com profissionais de várias áreas (e reforçar o seu networking) ainda lhe dão a possibilidade de ter um espaço mais profissional (digamos assim) para receber os seus clientes, caso necessite de reunir com eles.

  1. Organize-se

E isto é importante. Ser freelancer não significa que possa fazer quando e como lhe apetecer. Longe disso. Mesmo com toda a liberdade que o estatuto de freelancer lhe confere, você não deixa de ser profissional e, como tal, deve ser capaz de manter todos os seus trabalhos organizados e garantir os melhores resultados possíveis. Só assim será capaz de criar uma boa relação com os seus clientes e deixar uma imagem positiva que (acredite!) lhe vai valer muitos outros trabalhos.

  1. Promova-se

Se quer ter sucesso como freelancer tem que se capaz de cativar novos clientes e, consequentemente, novos trabalhos. E isso só é possível se esses clientes souberem que podem recorrer aos seus serviços. Portanto, comece já a promover-se. Use as redes sociais, crie um site ou blog ou participe em eventos de networking (como seminários ou conferências, por exemplo). Quanto mais alargada for a sua rede de contactos e quanto mais pessoas o conhecerem (enquanto freelancer) maiores serão as suas probabilidades de ser bem-sucedido.

  1. Faça contratos

Sempre que possível tente colocar por escritos os trabalhos assumidos. Pode ser freelancer, mas isso não significa que os acordos de palavra bastem. Se contratou um serviço com uma empresa ou cliente faça um contrato onde sejam definidos os prazos e a remuneração. Desta forma tem um mecanismo de proteção para evitar trabalhar de graça.

Freelancer de sucesso? Sim, é possível!

Tudo depende de si e ofertas de trabalho como freelancer não faltam.

http://www.e-konomista.pt/

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.