No início do ano civil deve ser feito uma revisão à sua vida financeira para perceber quais os custos que irá enfrentar nos próximos meses – e pode também notar que tem algumas dívidas acumuladas que podem ter um impacto negativo na sua vida financeira.

Mesmo que não se sinta com a "corda ao pescoço" e que consiga ir amortizando o seu capital em dívida, pode à mesma considerar fazer um crédito consolidado, uma ferramenta que pode ser útil sempre.

3 motivos para fazer um crédito consolidado e as vantagens para a sua vida financeira

1. Ganhar folga mensal

A consolidação de crédito permite-lhe juntar todos os seus créditos existentes e criar um novo crédito, com uma nova prestação mensal mais baixa e um período de pagamento mais prolongado. Desta forma, poderá pagar menos por todos eles e ganha assim alguns euros extra mensalmente. Estes euros extra devem ser utilizados para amortizar a dívida de forma mais rápida, permitindo-lhe ter uma vida financeira mais saudável. À medida que os meses passam, irá ter mais capacidade para reduzir a sua dívida, tendo uma folga orçamental que lhe permita gerir melhor os seus compromissos.

2. Reduzir a taxa de esforço

Se está a pensar fazer um crédito habitação, certamente já deve ter ouvido falar na taxa de esforço. Esta refere-se à percentagem que o crédito atual de um agregado familiar tem no rendimento global do mesmo. Se, por exemplo, o rendimento de um agregado familiar for de 1500€ e as prestações com créditos forem de 400€, a taxa de esforço deste aglomerado familiar é de 27%.

Para fazer um crédito habitação a sua taxa de esforço deve fixar-se entre os 30% e os 40%. Se tiver uma taxa de esforço elevada ou próxima do tecto máximo, poderá melhorá-la consolidando os seus créditos - assim a fatia mensal correspondente aos créditos diminui, a sua taxa de esforço diminui e tem mais possibilidades de ver o seu crédito aprovado.

3. Amortizar sem prejudicar as poupanças

Durante anos, pode ter feito créditos a consumo excessivo e vê-se agora na situação de querer recomeçar uma vida financeira sem créditos. Com a falta de capacidade para fazer cumprir os compromissos financeiros, muitas famílias utilizam as suas poupanças para cobrir os custos que não conseguem, expondo-se e colocando o seu agregado familiar numa posição ainda mais fragilizada.

Consolidar créditos pode ser o seu ponto de partida. A folga mensal que terá pode ser utilizada para amortizar totalmente as suas dívidas e poderá manter as suas poupanças para o futuro.

Para qualquer situação da sua vida financeira que envolva créditos, dívidas, crédito habitação e consolidação de crédito não deixe de contactar uma consultora financeira especialista que poderá ajudá-lo a tomar as melhores decisões para uma vida financeira mais saudável.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.