Para volta a congelar é necessário que o alimento tenha sido descongelado da forma correta e, é claro, que não esteja visivelmente deteriorado. Esta regra também se aplica à carne bovina, frango, algum peixe e frutos do mar.

A descongelação não deve ser feita à temperatura ambiente, sob água corrente ou no microondas, uma vez que estes ambientes são propícios à proliferação bacteriana.

8 alimentos que não devem ir ao micro-ondas
8 alimentos que não devem ir ao micro-ondas
Ver artigo

A descongelação é muitas vezes feita em água mas deve-se ter em conta que, nesse caso, a mesma não poderá voltar a ser congelada ou refrigerada.

A maneira segura de descongelar alimentos é dentro do frigorífico, ainda que exista um prazo para que estes fiquem armazenados sem se estragar.

A seguir apresenta-se uma tabela desenvolvida pelo Departamento de Agricultura do Governo dos Estados Unidos com as recomendações do tempo que cada alimento pode ser armazenado no frigorífico ou no congelador:

CORRETO Será que é seguro voltar a congelar alimentos depois de os descongelar?

Em relação ao tempo máximo de congelação de peixe, recomendo:

  • Peixe magro ou meio gordo (pescada, raia): 6 meses.
  • Peixe gordo (atum, salmão, sardinhas, carapaus), marisco: 3 meses.

Neste caso, após a descongelação recomenda-se o consumo em 72h (no máximo) e não deverá ser novamente congelado.

Ou seja, é seguro voltar a congelar os alimentos sempre que o processo de descongelação prévio tenha seguido as normas recomendadas.

As recomendações são de Ana Rita Lopes, Nutricionista e responsável pela Unidade de Nutrição Clínica do Hospital Lusíadas Lisboa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.