Através desta corrente dietética, baseada em consumir poucos hidratos de carbono e muitas proteínas de origem animal, é possível perder quatro ou cinco quilos por mês, com a vantagem de o peso perdido corresponder a tecido gordo.

Este tipo de dieta consiste em reduzir drasticamente a ingestão de hidratos de carbono para travar o aporte calórico, capitalizando o efeito saciante das proteínas.

Provoca a perda de peso graças ao efeito indutor da cetose e à redução da carga glicémica no sangue. A cetose
produz-se quando, ao não poder obter energia dos hidratos de carbono, o organismo obtém-na queimando as suas reservas adiposas, o que reduz a gordura corporal. Os partidários destas dietas excluem os hidratos de carbono que provocam maiores níveis de insulina no sangue (ou seja, os de absorção rápida), porque o excesso desta hormona engorda.

Não obstante, apesar de ser saudável evitar estes hidratos de carbono provenientes de doces, refrigerantes, bolachas... porque aportam calorias vazias (sem nutrientes), não convém reduzir a ingestão de frutas, legumes, cereais integrais e verduras. Estes alimentos fornecem o mínimo de glicose necessária para que os tecidos nervoso e muscular funcionem. Para além disso, contêm fibra (para prevenir a prisão de ventre e o cancro do cólon), vitaminas, minerais e antioxidantes, que garantem o funcionamento do todo o organismo. Por outro lado, também não é aconselhável eliminar completamente a massa, o arroz e a batata da dieta, uma vez que são hidratos de carbono de absorção lenta que necessitam igualmente de pouca insulina para serem absorvidos e dão mais saciedade.

Os prós e os contras

Embora este tipo de dieta tenha uma boa taxa de eficácia em termos de perda de peso, apresenta, contudo, deficiências em termos de macro e micronutrientes, pelo que deve ser acompanhada pela ingestão de suplementos nutricionais, devidamente prescritas pelo técnico de saúde especializado. Para além disso, é uma dieta muito monótona, muito rica em proteínas que, se for prolongada durante muito tempo, poderá ser uma grande sobrecarga renal. E devido ao baixo valor de hidratos de carbono poderá surgir astenia e cansaço.

Programe a ementa deste plano alimentar para uma semana com base em três tipos de alimentos:

Os proibidos
Estes são os alimentos que deve evitar como as gorduras, molhos, frutos secos, doces, fritos e salgados/fast-food.

Os
restringidos

Estes são os que pode consumir esporadicamente, quebram a monotonia e
fornecem energia. Arroz, batata, massa, leguminosas e ovos são alguns exemplos.

Os
permitidos

Hortaliças, legumes verdes,
carne, fiambre magro, peixe e marisco, leite e derivados (atenção aos
queijos), fruta e sumos naturais (excepto uvas, figos, bananas e
tâmaras) e sopa (sem leguminosas, batata, arroz ou massa) são alguns exemplos de alimentos que pode incluir regularmente na sua dieta.

A dieta para 7 dias

Segunda-feira

Pequeno-almoço: Ovo mexido + 1 tosta sem sal e sem açúcar e uma infusão de menta
Meio da manhã: 1 peça de fruta + 1 bolacha sem sal e sem açúcar
Almoço: Sopa de legumes. Um bom prato de verduras cozidas +1 bife de peru grelhado. 1 peça de fruta madura
Lanche: 1 iogurte magro de cereais
Jantar: Sopa de legumes. Um prato (grande) de salada variada + peixe branco cozido a vapor
Ceia: 1 infusão de chá verde + 2 bolachas sem sal e sem açúcar

Terça-feira

Pequeno-almoço: 1 fatia de fiambre de peru ou frango + 1 fatia de pão de mistura (+/- 25g). Uma infusão à escolha
Meio da manhã: 1 pêra + 1 bolacha sem sal e sem açúcar
Almoço: Sopa de legumes. Um prato de arroz com muitos legumes + frango grelhado, cozinhado sem pele
Lanche: 1 iogurte magro de cereais
Jantar: Sopa de legumes. Um grande prato de verduras cozidas variadas + lulas ou chocos grelhados
Ceia: 1 infusão de chá verde + 2 bolachas sem sal e sem açúcar

Quarta-feira

Pequeno-almoço: 1 fatia de fiambre de peru + 1 tosta sem sal e sem açúcar. 1 café descafeinado com leite magro
Meio da manhã: 1 laranja
Almoço: Sopa de legumes. Couve-flor cozida, temperada com um fio de azeite ou umas gotas de sumo de limão + bife de vitela grelhado
Lanche: 1 iogurte magro de cereais
Jantar: Sopa de legumes. Um prato (grande) de salada variada + peixe espada grelhado
Ceia: 1 infusão de chá verde + 2 bolachas sem sal e sem açúcar

Quinta-feira

Pequeno-almoço: 1 queijo fresco magro (pequeno) + 2 tostas sem sal e sem açúcar + 1 infusão à escolha
Meio da manhã: 1 maçã assada
Almoço: Sopa de legumes. Um prato (grande) de salada variada + peixe (à escolha) cozido a vapor
Lanche: 1 iogurte magro de cereais
Jantar: Sopa de legumes. Arroz branco com molho de tomate natural + 2 filetes de pescada cozida a vapor com umas gotas de limão e 1 fio de azeite
Ceia: 1 infusão de chá verde + 2 bolachas sem sal e sem açúcar

Sexta-feira

Pequeno-almoço: Fiambre de frango com uma bolacha de arroz. Chá verde sem teína
Meio da manhã: 1 quivi maduro
Almoço: Sopa de legumes. Um prato (grande) de verdura variada cozida + entrecosto grelhado com umas gotas de sumo de limão
Lanche: 1 iogurte magro de cereais
Jantar: Sopa de legumes. Um prato (grande) de salada variada + peixe azul (à escolha: sardinha, salmão, cavala, atum...) grelhado
Ceia: 1 infusão de chá verde + 2 bolachas sem sal e sem açúcar

Sábado

Pequeno-almoço: 1 fatia de presunto + 1 fatia de pão de mistura
(+/- 25g). Infusão de menta e poejo com sacarina (adoçante)
Meio da manhã: 2 tangerinas
Almoço: Sopa de legumes. Salada de arroz com frango grelhado e pedaços de ananás natural e maçã
Lanche: 1 iogurte magro de cereais
Jantar: Sopa de legumes. Marisco, em quantidade e qualidade que desejar + peixe branco (à escolha) cozido a vapor
Ceia: 1 infusão de chá verde + 2 bolachas sem sal nem açúcar

Domingo

Pequeno-almoço:
1 batido de fruta (leite magro + 2 peças de fruta). 1 infusão à escolha, com sacarina
Meio da manhã: 2 rodelas de ananás natural
Almoço: Sopa de legumes. Peixe azul (salmão, truta, atum...) assado no forno ou cozido a vapor, na quantidade que desejar (pode temperar com sumo de limão) + 1 batata pequena assada
Lanche: 1 iogurte magro de cereais
Jantar: Sopa de legumes. Uma salada (grande) variada, temperada com sumo de limão + 1 omeleta de ervas aromáticas (2 claras e 1 gema)
Ceia: 1 infusão de chá verde + 2 bolachas sem sal nem açúcar

Revisão científica: Marisa Costa (dietista no Hospital de S. João no Porto)

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.