A importância do leite nas várias fases da vida

O leite é um alimento natural que quando consumido simples apresenta especificidades nutricionais interessantes como fonte de proteína de alto valor biológico (ex: 1 copo de leite (250ml) fornece cerca de 8g de proteína que representa 17% da dose de referência para um adulto médio), glícidos, lípidos, vitaminas e sais minerais, de fácil adaptação às necessidades energéticas e nutricionais  ao longo do ciclo de vida, nas diferentes faixas etárias e em situações especificas como é o caso da infância ou gestação. É um alimento bastante versátil, pode ser consumido de distintas formas respeitando as preferências alimentares de cada indivíduo e, portanto, ser um alimento a considerar.

É essencial estimular o consumo, ou podemos passar sem ele

No leite estão presentes diferentes nutrientes que inserido numa alimentação diversificada ao longo do dia, contribui para o adequado estado nutricional. É um alimento de considerável densidade nutricional de grande versatilidade em diferentes preparações e confeções de alimentos. Pode ser substituído por outros alimentos como o iogurte, queijo e derivados.

Os benefícios do leite nas crianças

Nas crianças por se encontrarem numa fase de crescimento, formação óssea e dentária especifica e desenvolvimento neurológico, as necessidades de micronutrientes estão aumentadas, o que implica maior atenção na seleção de alimentos a oferecer à criança, respeitando os seus gostos e preferências alimentares. Pelas características que o leite apresenta é um alimento a considerar na alimentação da criança.

Estudos apontam para problemas relacionados com o consumo de leite

Segundo a roda da alimentação mediterrânica o leite e derivados devem representar 18% da alimentação diária e pode ser traduzido em 2 a 3 porções ao longo do dia. Na presença de alguma intolerância ou alergia associada ao consumo de leite e derivados, a dieta necessariamente deve ser personalizada a cada situação.

Em excesso pode ser prejudicial

Este alimento comporta-se de igual forma a outros alimentos, quando consumidos em excesso ou défice. Salienta-se que inserido num estilo de vida saudável a alimentação deve ser completa, variada e adequadas às necessidades energéticas e nutricionais ao longo do ciclo de vida. Desempenha um papel fundamental na prevenção de determinadas doenças crónicas como é o caso da obesidade.

Há cada vez mais pessoas intolerantes à proteínas do leite. Outros alimentos são capazes de suprir as necessidades colmatadas pelo consumo de leite

Existem alguns indivíduos que apresentam intolerância à lactose (glícido naturalmente presente no leite), nestas situações a dieta deve ser adaptada, recorrendo a outras alternativas como leite com reduzido teor ou sem lactose ou outras fontes alimentares que pelas suas características nutricionais se assemelham ao leite e possam ser introduzidas no plano alimentar personalizado.

Um artigo da nutricionista Zélia Santos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.