Em termos médicos, a palavra celulite é usada para descrever uma infeção do tecido celular subcutâneo que acaba por conferir à pele um aspeto inestético.

O plano que lhe apresentamos foi elaborado pela nutricionista Iara Rodrigues e permite reduzir o tecido adiposo,
regular o trânsito intestinal e diminuir
a retenção de líquidos, um dos problemas na origem desta situação.

«Entre os fatores importantes no
aparecimento da celulite estão a
componente hormonal e a genética.
Algumas pessoas estão mais
programadas para esta distribuição
da gordura e as hormonas femininas
favorecem esta distribuição
particular. Daí que mesmo mulheres
magras possam ter celulite nas áreas
em que naturalmente têm panículo
adiposo», explica Leonor Girão, dermatologista.

Os radicais livres provocam
stress oxidativo, associado ao
envelhecimento celular, cujos
efeitos se revelam no aparecimento
de rugas, celulite ou doenças
degenerativas são fatores que podemos controlar. Segundo Iara
Rodrigues, nutricionista, «tratam-se de moléculas que perderam um
eletrão devido a danos provocados
pela radiação ultravioleta, poluição,
fumo do cigarro, stress, depressão,
falta de sono, exercícios exaustivos
e alimentação inadequada».

Quanto às soluções, «não há resultados visíveis
no tratamento da celulite se
conjuntamente não se corrigir
a alimentação e o sedentarismo»,
sublinha Leonor Girão. «Os cuidados
preventivos da celulite», acrescenta
Iara Rodrigues, «beneficiam a saúde
em geral e aumentam a qualidade
de vida. Adotando hábitos saudáveis,
fazendo tratamentos apropriados
e utilizando produtos e nutrientes
corretos, ficará mais saudável por
dentro e por fora».

O PLANO A SEGUIR

Frutas e vegetais

Dose diária recomendada: 3 porções
de fruta + 4 porções
de vegetais

1 porção
de fruta e vegetais
equivale a:

- 1 chávena
almoçadeira de
vegetais crus picados/
ralados
ou vegetais
de folhas crus
- 1/2 chávena
almoçadeira de
vegetais cozinhados,
de sopa
ou creme de legumes
- 1 pepino
ou 1 tomate ou
1 pimento médio
- 1/2 batata
assada média
- 1 maçã ou 1 laranja
ou 1 banana pequena
- 1 chávena almoçadeira
de melão, melancia,
abacaxi
- 1/2 chávena
almoçadeira de uvas,
de sumo de fruta
(natural) sem adição
de açúcar ou de frutos
secos
- 2 colheres de sopa
de passas

Coma as seguintes frutas: Abacaxi, ameixa
fresca e seca, amora,
cereja, damasco, figo,
quivi, laranja, maçã,
melancia, melão, morango,
nectarina, pera, pêssego,
romã, tangerina, uva e passas.

No que se refere aos vegetais, ingira, preferencialmente, os seguintes vegetais: Abóbora,
agrião, aipo, alcachofra,
alface, alho, espargos,
beringela, beterraba,
brócolos, cebola,
cenoura, couve, couve-de-bruxelas, couve-flor,
ervilha, espinafre, feijão
branco, folha de mostarda,
folhas de nabo, gengibre,
milho, pepino, pimentos,
rabanete, repolho, rúcula,
salsa/coentros, tomate,
vagem.

Modere o consumo de boiões de fruta, fruta
assada com açúcar ou mel,
fruta cristalizada, sumos
de fruta, abacate, banana
e manga. Evite ainda o açúcar branco refinado,
gomas, caramelos e doces
processados, refrigerantes
(normais ou sem açúcar),
bebidas à base de sumos
de fruta adoçados, fruta
enlatada, vegetais fritos
ou enlatados.

Cereais e grãos integrais

Dose diária recomendada: 4 a 8 porções.

1 porção de cereais e grãos integrais equivale a:

- 1 fatia média
de pão integral
- 1 pão pequeno
de farinha integral
(mistura, centeio,
sementes)
- 2-5 bolachas
de trigo integral
com baixo teor
de gordura
- 1/2 chávena
almoçadeira
de cereais cozidos
ou secos
ou de massa integral
cozida; ou de farelo
de trigo ou de farinha
integral
- 1/3 de chávena
almoçadeira de arroz
cozido
- 3 chávenas
almoçadeiras
de pipocas sem óleo
e sem adição
de açúcar
- 3 colheres
de sopa de gérmen
de trigo

Coma produtos integrais como pão,
massas, cereais integrais
de pequeno-almoço,
aveia, arroz, centeio
integral, quinoa, amaranto,
bolachas de arroz, milho
e similares. Evite consumir pão branco (carcaça,
baguete, pão de forma),
bolos, bolachas e biscoitos
feitos com farinha branca.


Veja na página seguinte: Proteínas e gorduras recomendadas

Proteínas

Dose diária recomendada: 4 a 6 porções.

1 porção equivale a:
- 1/2 chávena
almoçadeira de feijão
ou ervilha ou lentilha
cozidos ou tofu
- 1 chávena
almoçadeira de leite
magro ou bebida
de soja
- 85 g de peixe,
ou de aves (sem pele,
carne branca) ou de
hambúrguer de carne
ou de soja
- 1 ovo médio
- 1/2 requeijão magro
- 30 g de queijo
magro (1 fatia média)

Coma feijões, lentilhas, ervilhas,
tofu, seitan, frango e peru
sem pele, peixe assado ou
grelhado, claras de ovos,
leite de soja, leite magro,
iogurte magro ou de soja. Modere o consumo de gelatina, carnes vermelhas
magras, queijos magros,
ovos inteiros. Evite carnes gordas, carnes
processadas e fumadas como
salsichas, linguiça, bacon,
fritos, aves e peixes fritos
e laticínios integrais.

Gorduras

Dose diária recomendada: 3 a 4 porções. Óleo de linhaça,
azeite extra virgem e azeitonas devem ser as principais fontes.

1 porção equivale a:

- 1 colher de chá
de azeite
- 1 colher de sopa
de linhaça moída,
ou de semente
de girassol ou abóbora
- 6 amêndoas
ou castanhas-de-caju
- 10 amendoins
- 4 macadâmias
- 2 nozes
- 1/2 colher
de chá de manteiga

Coma moderadamente
nozes e caju, linhaça
(moída), sementes
de abóbora, sementes
de girassol, azeite
e azeitonas. Evite gordura vegetal
hidrogenada e
parcialmente
hidrogenadas (gorduras
trans) e alimentos que as
contenham, como batatas
fritas, salgados, panados,
bolos, tortas/quiches,
tostas e outros petiscos,
fast food, manteiga
e banha, maionese,
queijos gordos, molhos
para salada prontos
que contêm açúcar e
ingredientes artificiais.

Texto: Nazaré Tocha com a colaboração da equipa da Clínica White, constituída por Catarina de Castro Lopes (psicóloga), Iara Rodrigues (nutricionista), Leonor Girão (dermatologista) e Pedro Baptista (personal trainer)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.