As vitaminas são indispensáveis ao bom funcionamento do organismo. Funcionando em parceria com os sais minerais, protegem as células, fazem dentes, ossos fortes e pele saudável. Têm um papel importante na pressão sanguínea, no funcionamento do coração, no sistema imunológico, na recuperação de ferimentos, nas funções musculares, no equilíbrio dos fluídos, no sistema reprodutor, etc...

Vitamina A:Brócolos, espinafres, abóbora, batata-doce, folhas de beterraba, tomate, melancia, repolho, couve-flor , cenoura.

Vitamina D:Frutas em geral, associadas à exposição de raios solares que contribuem na absorção e aproveitamento desta vitamina.

Vitamina E:Germen de Trigo, cereais, beterraba, salsa e folhas verdes em geral.

Vitamina K:Vegetais de folhas verdes, couve-flor.

Vitaminas do complexo B: Produtos de origem animal, folhas verdes, alfafa, germen de trigo

Vitamina C: Brócolos, couve-flor, batata, tomate, couve-de-bruxelas, maçã, frutas cítricas, morangos, pimentão verde/vermelho.

Cálcio: Couve, salsa, brócolos, sementes de girassol, algas marinhas, amêndoas, melaço, tomate, feijão , leite e seus derivados.

Fósforo: Leguminosas, centeio, grãos e frutas cítricas.

Ferro:Vegetais de folhas verde-escuras, leguminosas, pimentão, morango, vísceras de boi.

Iodo: Agrião, rabanete, germen de trigo.

Sódio: Arroz integral, germen de trigo, vegetais de folhas verdes, aipo, espinafres, cenoura, alcachofra, mel.

Potássio: Leguminosas, mel, frutas frescas e vegetais.

Magnésio: Grãos, cereais, cenoura, maçã, beterraba e brócolos

Fibras: Damasco, ameixa, figo, feijão, milho, ervilha, espinafres, batata-doce, batata, couve-de-bruxelas, morango, tâmara, uva, pêra, maçã, laranja e cereais.

Importante: Os alimentos são as nossas ricas fontes de nutrientes, vitaminas e sais minerais. Porém, é importante lembrarmos que o armazenamento e técnicas de preparo oferecidos aos alimentos são fundamentais para melhor conservação destes elementos que são essenciais à nutrição humana.

Os alimentos devem estar armazenados em local fresco, livres de insectos, no prazo de vida útil (validade) e inspeccionado pelo órgão de fiscalização vigente, facilmente identificados pelas embalagens dos produtos.

Ao cozinhar qualquer alimento, utilizar água em quantidade suficiente para cobrir estes alimentos, afim de evitar maior perda dos elementos nutritivos na água de cozimento. Esta água pode ser reutilizada para preparo de molhos e sopas.

Já agora, reparou que não consta desta lista, qualquer Fast Food, Doces ou outro tipo de alimentos com menos qualidade nutritiva... Porque será ?

Texto de Marcelo Barros | 3 Fitness

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.