Desta vez é que é! Quantas vezes já o disse ao iniciar um novo
regime alimentar?

E quantas desistiu antes mesmo
de atingir o objetivo (o peso) definido por si? Quantas vezes já
perdeu peso e voltou a ganhá-lo?

Esqueça as contas do passado.
Desta vez é que é... mesmo!

Teresa Branco, a fisiologista do controlo de peso do programa de televisão «Peso pesado»,
elaborou um plano que lhe vai permitir perder em três semanas
aqueles cinco indesejáveis quilos, que a impedem de alcançar e
manter o seu peso ideal, de uma vez por todas.

A dieta certa tem de ser, segundo Teresa
Branco, «uma que inclua várias refeições
diárias, à base de alimentos ricos em
proteína e gordura de boa qualidade e
com o mínimo de açúcares que cada um
de nós conseguir apreciar». Foi com base
nesta definição que nasceu a dieta saber
viver.

O plano

Prepare-se para perder até cinco quilos
em três semanas com um plano alimentar
invulgar, que a vai pôr a comer ovos
estrelados ao pequeno-almoço (isso
mesmo que leu) e fatias de presunto
ao deitar. «Os estudos científicos mais
recentes confirmam que as dietas
proteicas promovem uma grande
saciedade, o que permite uma maior
adesão ao plano alimentar e consequente
perda do peso», explica a especialista.

Pontos fortes

Para além de promover uma grande
saciedade (não vai passar fome), a dieta
saber viver «não é muito restritiva em
hidratos de carbono (pode comer pão
e chocolate) e promove uma perda de
peso bastante considerável», comenta
a fisiologista do controlo de peso. «É uma dieta rica em
gordura de boa qualidade. Além disso,
a receita com caril, os frutos silvestres
e o chá verde têm outras propriedades
benéficas, não só adelgaçantes como
antioxidantes», sublinha a especialista.

Personalize o menu

O plano está traçado, mas a escolha é sua.
Se quiser adaptar a dieta aos seus gostos
alimentares, a especialista dá-lhe algumas
dicas. «Caso deseje consumir um doce
com mais frequência do que o sugerido
prefi ra os que são à base de fruta, por
serem os mais saudáveis».
Se não consegue evitar os fritos «deverá
consumi-los em substituição da carne ou
do peixe, apenas uma vez por semana e
tendo em conta que terá uma perda de
peso menos rápida, ou uma vez por mês,
para resultados mais céleres», explica.

Veja na página seguinte: A dieta que a especialista aconselha

Fã de hidratos de carbono

Alimentos como a massa e o arroz
podem e devem ser incluídos no seu
plano alimentar. «É verdade que existem
pessoas que engordam mais facilmente
com este tipo de alimentos, enquanto
outras os toleram melhor e isso deverá
ser tomado em conta, bem como o nível
de atividade física de cada um», refere a
fisiologista na gestão do peso.

«Prefira as variedades com um índice
glicémico mais baixo, ou seja, as mais
ricas em fibra», recomenda.

Confeções saudáveis

Dê preferência aos alimentos cozidos,
grelhados, estufados em pouca gordura,
fritos em azeite, assados e em caldeiradas.
«De uma forma geral, apenas os
alimentos fritos em óleo, manteiga ou
com natas adicionadas é que devem
ser evitados», refere a especialista. «Um peixe assado no
forno apenas com a sua gordura natural
e um pouco de azeite é um alimento
muito saudável, se for cozinhado com
óleo e manteiga perde muito do seu
valor nutricional», avisa.

Atenção aos rótulos

«Light», «Magro», «Zero calorias», «Sem
açúcar»... São algumas das designações
que pode encontrar nos rótulos de
muitos produtos de supermercado, mas
que nem sempre convêm a quem está
de dieta. «Os que valem realmente a
pena consumir são os produtos «sem
açúcar». No caso dos magros, muitas
vezes o corte na gordura poderá
conduzir ao aumento de açúcares, o
que não é favorável. O ideal será ingerir
alimentos com mais proteína e fibra e
menos açúcar», aconselha Teresa Branco.

Saber pecar

Quando lhe apetecer mesmo muito um
alimento que não está previsto e que
pertence à categoria de bomba calórica
(alimento rico em gordura e açúcar)
então faça-o de forma inteligente.
«Escolha um alimento de que goste
mesmo muito. Consuma-o no máximo
uma vez por semana e, idealmente,
apenas uma vez por mês.
Coma-o em
substituição de um dos lanches ou logo
após o almoço, para ter tempo de regular
o metabolismo antes de ir dormir.
Se puder fazer atividade física a seguir,
melhor ainda. Ao permanecer inativa
conduz o pecado imediatamente para
as gorduras localizadas.»

Menu descodificado

Vai jantar fora com amigos e quando
olha para a ementa não encontra nada
que se adeque à sua dieta. Mantenha a
calma e considere a situação como um
desafio e também um treino para quando
terminar o plano saber viver e tiver de
manter o peso com base naquilo que já
aprendeu. «No caso de uma refeição
que não viu como foi confecionada
deve evitar os molhos, pois não sabe se
foram utilizadas gorduras saudáveis.
A escolha de carne ou peixe, sem molhos
com vegetais será sempre mais segura»,
aconselha Teresa Branco.

Dia de festa e agora?

As ocasiões especiais são os maiores
desafios de qualquer dieta. Perante um
dia de excessos devido a uma festa ou
ocasião especial Teresa Branco
é perentória nos avisos. «Leve a dieta a sério
durante os dias que se seguem, sem
nunca resvalar», refere. Pode também antecipar
as situações. «Vá para a festa sem fome
e prefira todos os alimentos mais
proteicos e com menos açúcar.
Por exemplo, na entrada, coma os
camarões sem pão. Após o evento faça
uma diminuição acentuada dos hidratos
de carbono no resto do dia, ou no dia
seguinte (em caso de festa noturna)»,
aconselha.

Veja na página seguinte: O plano alimentar que deve seguir

Dieta Saber Viver por Teresa Branco

Este é o plano alimentar que deve seguir:

Pequeno-almoço

- 1 ovo estrelado em azeite
- 8 morangos
- 1 fatia de pão de centeio
- 1 café com adoçante

Meio da manhã

- 8 frutos secos
- 1 quadrado de chocolate
negro (70 por cento de
cacau)

Almoço

- Caril de gambas com
brócolo
- Doce de framboesa

Meio da tarde

- ½ mozarela com 6
tomates cherry

Jantar

- Creme aveludado de
coentros (sem batata
e pouca abóbora)

Ceia

- 1 fatia de fiambre
ou presunto magros

Tabela de equivalências

As sugestões alimentares de Teresa Branco
para as próximas três semanas:

Pequeno-almoço

- 1 ovo estrelado em azeite e uma
fatia de paio magro
- 2 fatias de fiambre, 1 iogurte
com 8 frutos secos
- 1 ovo mexido em azeite com
tomate assado
- 1 fatia de salmão fumado com
cogumelos assados
- Batido proteico com frutos
vermelhos

Lanche
- 4 fatias de paio magro com
2 espargos
- 1 caneca de gaspacho
- 8 frutos secos com ½ queijo
fresco
- Barras proteicas

Almoço/Jantar
- Peru assado com vegetais ao
vapor

- Salmão em papelotes no forno
com grelos salteados

- Bife de atum de cebolada com
vegetais estufados

- Salada de frango

- Salada de camarão

- Ovos escalfados em sopa de
tomate

- Vegetais assados com lombo de
porco assado

- Carne de vaca do cozido à
portuguesa com couves cozidas na
água das carnes

- Sardinhas assadas com salada
de alface, tomate e pepino

- Polvo à lagareiro com brócolos
ao vapor

- Chocos com tinta e feijão-verde
cozido

- Pato assado no forno com couve
roxa estufada

- Peixe assado no forno com
feijão-verde estufado em tomate

- Picanha grelhada com couve
brasileira

Texto: Vanda Oliveira com Teresa Branco (fisiologista do controlo de peso)

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.