Atualmente, a investigação científica preocupa-se em perceber por que algumas pessoas conseguem manter o peso perdido durante muitos anos e por que outras, geralmente a maioria, tem muita dificuldade em fazê-lo. Com esse objetivo, foi criado, nos EUA, um registo de controlo do peso que identifica o padrão de comportamentos adoptado por aqueles que são bem sucedidos na gestão do seu peso após a perda.

A intenção é fornecer ajuda a outras pessoas que necessitem de gerir o seu peso a longo termo. O National Weight Control Registry (NWCR), o registo nacional de controlo do peso americano conta com a adesão de mais de 6.000 indivíduos que obtiveram sucesso a longo prazo na gestão do seu peso.

15 snacks (muito) ligeiros que não vão além das 100 calorias
15 snacks (muito) ligeiros que não vão além das 100 calorias
Ver artigo

Este é, por isso, o maior grupo bem sucedido na perda de peso e respetiva manutenção.

Com base no tratamento dos dados obtidos neste registo, na última década, foi identificado um padrão de comportamentos similar entre aqueles que obtiveram sucesso no controlo do seu peso, que permitiu elaborar oito recomendações para manter o peso após a perda.

Estas são as essenciais. Se ainda não as implementa, deve introduzi-las no seu quotidiano o quanto antes:

1. Modere o esforço

A intervenção na manutenção do peso não deve ser idêntica à utilizada durante a fase de emagrecimento. É importante continuar a manter hábitos saudáveis mas de forma moderada. O rigor e o esforço que se exigem nesta fase passam a ser ligeiramente menores.

2. Mexa-se

Certifique-se que é fisicamente ativo durante o processo de perda de peso. Esta é, aliás, uma regra que deve passar a adotar ao longo de toda a sua vida.

3. Evite os alimentos gordos

As abordagens alimentares pobres em gorduras são melhores na prevenção do ganho de peso após a sua perda. Evite, assim, os alimentos gordos nesta fase, não fazendo cedências.

4. Não descure a primeira refeição do dia

Tome o pequeno-almoço todos os dias. Sair de casa sem fazer esta refeição é nocivo para o organismo e também não favorece em nada a fase de consolidação do peso em que se encontra.

5. Tome nota da evolução

Registe o seu peso periodicamente e, regularmente, mantenha os registos alimentares e de atividade física diariamente. Além de ser uma forma de mentalização que lhe pode ser útil, também lhe permite monitorizar a sua evolução ao longo do tempo.

6. Faça exercício

Além de se mexer no dia a dia, é fundamental continuar a praticar desporto. Faça, pelo menos, uma hora de atividade física diária de intensidade moderada.

7. Não salte refeições

Mantenha um padrão alimentar regular. Além de não saltar refeições, é essencial respeitar as quantidades geralmente associadas a cada uma delas. Um almoço não deve ser inferior a um lanche ou uma ceia a um jantar.

8. Deixe o sofá

Limite o tempo de permanência em frente à televisão ou sentado no sofá com o telemóvel ou o tablet na mão. Mesmo em casa, é importante que se levante, que caminhe e que faça coisas. Sempre que possível, use as escadas em vez do elevador.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.