O professor Mário Nogueira, secretário-geral da Federação Nacional de Professores (Fenprof), considerou “indispensável” a testagem regular e periódica nas escolas e não apenas quando surgem novos casos: “Independentemente da análise sobre se as escolas devem ou não abrir, tudo deve ser feito para que abram no dia em que se prevê”.

O secretário-geral da Fenprof acredita que “protegendo os adultos provavelmente também será possível proteger as escolas e mantê-las abertas”.

A Fenprof voltou a defender que os professores e o pessoal não docente “devem voltar a ser considerados grupos prioritários no processo de vacinação” da dose de reforço contra a covid-19. E esse é um processo que deve acontecer durante esta época do Natal.

Veja o vídeo

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.